Vikings: Ragnar não morreu na série revela teoria chocante

Teoria chocante afirma que Ragnar não morreu em Vikings

- Publicidade -

Ragnar Lothbrok, o principal personagem da série Vikings, morreu na 4ª temporada da série. No entanto, uma teoria afirma que o personagem nunca morreu. A série é um dos dramas históricos mais populares na TV nos últimos anos. 

- Publicidade -

Criado por Michael Hirst, a série cobriu os primeiros anos da Era Viking, começando com o ataque de Lindisfarne. Posteriormente, a série tomou muitas libertades criativas com seus personagens e eventos. A produção seguiu o lendário guerreio nórdico Ragnar Lothbrok e suas muitas viagens e invasões ao lado de seus irmãos Vikings, porém na quarta temporada, a série passou por uma mudança grande

A 4ª temporada trouxe um destino para Ragnar, e depois de sua morte, seus filhos, Björn, Ubbe, Hvitserk, Sigurd e Ivar, assumiram a liderança da série até o episódio final. Isso fez com que o público visse uma variedade de batalhas e conflitos que também levou a suas mortes trágicas, com apenas Ubbe e Hvitserk sobrevivendo.

Ragnar fez muita falta nas temporadas posteriores de Vikings. Sua aparição foi apenas em flashbacks e visões, porém, uma pergunta fica para ser respondida. Ragnar realmente está morto? Várias teorias sugerem que ele nunca morreu, baseado em alguns detalhes de sua morte e as consequências.

- Publicidade -

A vida de Ragnar Lothbrok em Vikings?

Na primeira temporada de Vikings, quando os fãs conheceram, Ragnar Lothbrok, ele era um guerreiro viking e fazendeiro. Ele sonhava invadir as riquezas da Inglaterra desconhecida e navegar pelo mundo por partes desconhecidas. Ragnar se casou com a escudeira Lagertha, e teve dois filhos com ela.

- Publicidade -

Publicidade

A primeira é Gyda, que morreu na primeira temporada devido à praga enquanto Ragnar estava fora. Posteriormente, veio Björn, que seguiu os passos de seus pais e se tornou um temível guerreiro. A história de Ragnar foi fundamentada pelo drama desde o início, quando ele conheceu Aslaug, o que levou ao divórcio de Lagertha na 2ª temporada. Contudo esse foi apenas o começo dos planos e tragédias, de uma história com várias traições.

Aproveite para ler:

Vikings: Valhalla 2 ª Temporada na Netflix: Data de estreia, enredo e Mais

- Publicidade -

Por motivo de vários ataques, e maneiras verdadeiramente agressivas durante tudo isso, Ragnar encontrou vários aliados, assim como também encontrou vários inimigos, e foi isso que levou à sua morte em Vikings. A terceira temporada foi marcada pelo declínio do personagem em Paris, quando ele travou uma batalha com as forças francas do Rei Carlos, o Temerário.

Ragnar escalou uma torre durante a batalha, e foi empurrado para a borda. Com isso, sofreu uma queda muito forte que depois disso, fez com que ele vomitasse, tivesse tosse e urinasse sangue. Ragnar usou sua condição para fingir sua morte e se infiltrar em Paris. Esse plano foi muito bem sucedido, pois foi assim que ele e seu exército entraram na cidade.

A morte de Ragnar em Vikings

- Publicidade -

Depois de ordenar um novo ataque, desta vez com o objetivo de matar seu irmão, Rollo, por ter traído, Ragnar foi derrotado. Com isso, o personagem desaparece por 10 anos, e quando volta para Kattegat, não tem uma boa recepção. Ele tentou se matar na quarta temporada de Vikings, porém falhou.

Depois disso, despediu das pessoas mais importantes de sua vida e foi embora para Inglaterra com Ivar. Quando chegaram lá, eles acabaram matando o resto de seu grupo de ataque. Então, Ragnar recebeu ordens de ser capturado pelo príncipe Aethelwulf, que o colocou em uma Jaula.

Posteriormente, Ragnar teve uma conversa com o Rei Ecbert, pelo qual o Guerreiro disse que ele deveria matá-lo, porém, como Ecbert recusou, Ragnar sugeriu que ele o entregasse ao rei Aelle. No entanto a explicação foi que, se ele fizesse isso, Aelle receberia a vingança de seus filhos no lugar dele.

- Publicidade -

O protagonista de Vikings, Ragnar mandou Ivar dizer a seus irmãos que se vingassem de Ecbert. No final, Ecbert entregou Ragnar a Aelle, que cortou uma cruz em sua testa e o torturou, e Ragnar foi jogado em um poço de cobras venenosas, onde foi deixado para morrer.

Ragnar não morreu no poço de cobras em Vikings

Ragnar sobreviveu em Vikings
Imagem: Divulgação/History

Matar seu personagem principal na 4ª temporada foi uma jogada ousada para série. Além disso, é base para as muitas teorias sobre Ragnar não morrer no poço de cobras, com alguns até sugerindo que ele planejou o tempo todo. Um usuário do Reddit explicou, o período longo em que Ragnar ficou desaparecido em Vikings.

De acordo com a teoria, ele estava realmente se preparando para sobreviver ao poço de cobras, e tudo graças a Yidu e seu misterioso remédio. Yidu era um escravo comprado por Aslaug que deu drogas a Ragnar após os acontecimentos de Paris.

Alguns fãs acreditam que isso também o estava preparando para sobreviver, já que ia ser picado muitas vezes pelas cobras. O usuário do Reddit ainda acrescenta que ser capturado por Ecbert e Aelle fazia parte de um plano de vingança. Esse plano, era que seus filos fossem atrás deles para vingar sua morte.

Outro usuário do Reddit usa a “falta de corpo” após a morte de Ragnar, para provar que o grande guerreiro não morreu no poço das cobras na cena de Vikings. O autor da série deixa a entender que as cobras eram pequenas demais para conseguir engoli-lo, e seu corpo ainda estaria lá quando Björn e o resto chegaram e olharam dentro do poço.

Ele acrescenta ainda, que quando Ragnar foi transferido para Aelle, Alfred lhe deu um pequeno frasco do antídoto de veneno, que fez com que ele sobrevivesse. Como já foi mencionado acima, Ragnar não foi visto novamente na série, exceto em flashbacks e visões, e se ele tivesse sobrevivido ao poço de cobras, certamente teria retornado em algum momento.

Se Ragnar estava vivo, onde ele estava?

Com certeza, a maior das questões em torno das teorias sobre Ragnar não morrer no poço de cobras na quarta temporada de Vikings, é para onde ele foi depois disso. Após a morte de Ragnar, Björn e companhia foram atrás de Ecbert. Porém o rei caído acabou se matando, então Ragnar definitivamente não voltou para ele se sobrevivesse.

Lagertha tentou de todas as formas aceitar a morte de Ragnar, então ele obviamente não voltou para ela nem para Kattegat depois do poço de cobras, além de ter matado Yidu em um ataque de raiva. Então ele realmente não tinha ninguém para quem voltar. Se Ragnar não morresse no poço, ele certamente viveria uma vida muito solitária, pois nunca mais voltou para ou amigos e sua família.

O que aconteceu com o verdadeiro Ragnar Lothbrok?

Ragnar sobreviveu em Vikings?
Imagem: Divulgação/History

No entanto, mesmo que Vikings tenha tirado a maioria dos seu personagens e acontecimentos da vida real, ele usou também de liberdades criativas por diferentes razões. Nem mesmo seu personagem principal era real. O que se acredita é que Ragnar Louthbrok se baseie em três diferentes homens que são: o líder viking Reginherus, o rei Horik I da Dinamarca e o rei Regindfried, então a história da morte “real” de Ragnar Lothbrok também poderia variar.

Nas sagas onde Ragnar aparece contam que ele foi derrotado pelas forças inglesas e jogado em um poço de cobras, muito pareceido com a história. Contudo, ao lembrar que ele pode ser uma combinação de várias figuras históricas, o Ragnar de verdade poderia ter sido assassinato (como Reginherus), morto em batalha (Horik), ou em uma tentativa de invasão (Reginfrid).

Então, você sabia dessa experiência na série?

Certamente, você também vai gostar:

>The Witcher: O real motivo de Henry Cavill deixar a série

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil. Afinal, aqui você não perde nada da série.