Publicidade

Um Maluco no Pedaço: Revelado por que a série acabou

Um Maluco no Pedaço: Revelado por que a série chegou ao fim

Publicidade

Tempos atrás, antes de seu turbulento tapa no Oscar e do famoso filme estrelado nos anos 1990 e o início dos anos 2000, Will Smith estava popularmente conhecido como o cara de Um maluco no pedaço. A série não só explodiu sua carreira em Hollywood, mais em toda a estratosfera, refletindo nas pessoas.

Da mesma forma que as grandes coisas na televisão, no entanto, Um maluco no pedaço teve que partir e, casualmente, chegar ao fim. No mês de maio de 1996, a série perdeu seu título na TV definitivamente após muitos dizer que foram duas temporadas finais sem brilho e muitas vezes ridículas.

Publicidade

Em seu livro de memórias de 2021 “Will”, Smith explicou:

“Qualquer um que já esteve em uma comédia pode contar o episódio em que seu programa pulou o tubarão.”

Publicidade

Assim, ele falou o verdadeiro motivo da série ter finalizado (via Entertainment Weekly). Smith então lembrou:

“O nosso foi o episódio 15 da 5ª temporada, ‘Bullets Over Bel-Air’, aquele em que eu levei um tiro e Carlton começou a carregar uma arma. Eu tinha cumprido com sucesso uma promessa para mim mesmo de que eu nunca seria pego em um ciclo de deterioração sem ter a próxima coisa na torneira. A série poderia facilmente sustentar outra temporada, esta era minha família, eu os amava. Mas uma carreira no cinema era agora uma opção viável, eu estava em uma encruzilhada.”

Não sabendo o que fazer, o astro de Um maluco no pedaço resolveu procurar alguém da indústria que ele era fã desde criança, John Amos, mais conhecido como James Evans de “Good Times”. Após Amos aparecer na série de Smith com ator convidado. O famoso ator acabou dando a Smith alguns conselhos para sua mudança de vida, baseado em sua própria carreira, levando a sitcom ao fim.

Publicidade

Por que Um maluco no pedaço acabou?

Conforme a estrela de Um maluco no pedaço se recorda, resolveu encerrar as coisas na série depois da sexta temporada em razão de uma conversa com Amos, que o advertiu sobre as formas cruéis de encarar Hollywood.

Publicidade

O famoso ator de TV, Amos, que foi demitido de “Good Times” e acabou morrendo na série de TV. O motivo seria uma disputa contratual com os roteiristas, citou sua própria trajetória como exemplo. Então Smith recordou de Amos falando para ele, pela Entertainment Weekly.

“Nenhum desses executivos, produtores ou empresários dão a mínima para sua família. Não deixe que eles fodam todo o seu trabalho duro e paixão. É sua responsabilidade garantir que essas pessoas saiam desta série com alguma dignidade.”

Publicidade

Conforme relatou a estrela de Um maluco no pedaço, foi uma conversa que o levou a uma virada completa em sua vida. Então disse Smith:

“Como fã, me senti insultado e abusado pela narrativa ‘Good Times’. O personagem de John foi morto sem cerimônia e quase vinte anos depois, o próprio homem falou a palavra que se encaixava no buraco no meu coração.”

Dias depois, Smith se lembrou de juntar todo o elenco da série e comunicou que a sexta temporada seria a última temporada. Portanto, eles deveriam usar o próximo ano com outros planos ou preparativos que achassem necessários. Então, lembrou Smith mais uma vez:

“Prometi a eles que sairíamos com estilo e graça.”

Publicidade

Na opinião da estrela de Um maluco no pedaço, o que ocorreu com Amos e seu personagem James Evans durante os anos anteriores em “Good Times” foi algo realmente inadmissível, assim, explicou o porquê em seu livro de memórias de 2021, “Will”.

Não foi justo para John Amos

Publicidade

Segundo Smith, observar John Amos ter desavenças com os showrunners de “Good Times” ainda está o acompanhando até os dias de hoje. Para quem não tem conhecimento do ocorrido, Amos foi categórico sobre seus sentimentos em relação aos escritores de “Good Times”, e a forma que eles trataram as coisas no decorrer dos anos em que ela esteve na série.

Ele chegou a fazer acusações de retratar falsamente as famílias negras que moram nos Estados Unidos. Amos disse à VladTV em uma entrevista de 2020, que:

“A percepção deles ou sua ideia do que seria uma família negra e o que um pai negro seria era totalmente diferente da minha, e a minha estava mergulhada na realidade.”

Publicidade

Ele ainda esclareceu que, no final, sua maneira de expôr seus problemas com o roteiro e as narrativas de “Good Times” de formas que não eram tidas como “aceitáveis” pela equipe de produção. Esse foi um dos motivos que levou Smith a finalizar Um maluco no pedaço. Assim, o personagem de Amos, James Evans, acabou morto como consequência.

Um maluco no pedaço: O verdadeiro motivo da série chegar ao fim
Imagem: Divulgação/NBC

Portanto, Amos lembrou:

“Disseram-me que meus serviços não eram mais necessários porque me tornei um ‘elemento disruptivo.”

Para Smith, escutar a forma que foi tratada pelo próprio Amos deixou um gosto amargo na boca. Smith escreveu em seu livro:

 “A merda toda foi indigna. Eu até senti a dor de John, que talvez ele tenha falhado com sua família de TV.”

Contudo, mesmo que Smith tenha escolhido se afastar de Um maluco no pedaço como resposta, ele não deixou definitivamente a franquia. No mês de fevereiro de 2022, Peacock lançou um novo spin-off chamado “Bel-Air”, protagonizado por Jabari Banks e tendo Smith como produtor executivo.

Certamente, você vai gostar:

>The Crown revela excelente notícia sobre nova temporada

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil, para não perder nada da série.