Two And a Half Men: A verdade que os fãs não sabem da série

As histórias de Two And a Half Men que os fãs não conhecem

- Publicidade -

Quando Two And a Half Men estreou em 2003, poucas pessoas apostaram que a produção duraria 12 temporadas e se tornaria uma das sitcoms mais comentadas de todos os tempos. Mas, a conexão quase mágica na tela de Charlie Sheen, Jon Cryer e Angus T. Jones foi imediata. 

- Publicidade -

O trio protagonista de Two and a Half Men trazia humor irônico e insinuações que conquistaram o público. Na TV, a série funcionava perfeitamente, mas, nos bastidores, nem tudo era diversão e brincadeiras. Embora tenha demorado, isso chegou ao ápice com o colapso de Sheen em 2011. Na época, as manchetes noticiavam que Sheen causou estragos no set.

Eventualmente, chegou ao ponto em que o ator e protagonista foi demitido da série. Mas, como a comédia poderia continuar sem a maior estrela da TV do mundo na época? Pois bem, a escolha foi trocar o protagonista e colocar outro rosto em alta no momento.

Com isso, Ashton Kutcher passou a protagonizar Two And a Half Men, ao lado de Jon Cryer. Contudo, várias histórias foram surgindo ao longo dos anos, através de depoimentos e entrevistas. Reunimos todas essas histórias para que você conheça a verdade não contada por trás da série.

- Publicidade -

Charlie Sheen queria derivado de Two and a Half Men

A saída de Charlie Sheen de Two and a Half Men foi um grande evento. Várias manchetes em todo o mundo, bem como memes, demonstraram a profunda tristeza dos fãs pela saída do ator. Nos anos seguintes, porém, muitos fãs tiveram um vislumbre de esperança de que ele consertaria as coisas com Chuck Lorre.

- Publicidade -

Publicidade

Ou seja, de que poderíamos ver novamente Sheen vestir sua camisa de boliche e se transformar em Charlie Harper. O que poucos fãs sabem é que isso quase aconteceu. Para o final da série, os produtores procuraram Sheen para fazer uma possível aparição. 

Desde o início, o plano era jogar um piano na cabeça de Charlie Harper, assim como realmente acontece no episódio final. No entanto, Sheen não estava interessado neste final, e lançou uma pequena sugestão. A cena final serviria como uma espécie de conexão para uma produção derivada de Two and a Half Men, chamada de “The Harpers”.

Neste caso, a série deixaria Jake de lado e acompanharia apenas Charlie e Alan. Entretanto, após os acontecimentos ocorridos entre Sheen e outros envolvidos na série, ninguém acatou a ideia. Então, o final continuou como Lorre queria e sem qualquer envolvimento de Sheen.

- Publicidade -

Quando Charlie Sheen se tornou Charlie Harper

Não é nenhum segredo que a linha onde Charlie Sheen terminava e Charlie Harper começava era tênue. Às vezes, muitos fãs não sabiam se Sheen estava simplesmente interpretando um personagem ou ele mesmo. No entanto, houve um momento em que o ator agiu exatamente como seu personagem de TV e interagiu com Jon Cryer como faria com Alan Harper.

A verdade não contada de Two And a Half Men
Imagem: Divulgação/CBS

- Publicidade -

Em sua autobiografia “So That Happened”, Cryer admitiu que estava triste após o divórcio. Ele decidiu “pagar alguém pela empresa”, e Sheen forneceu seu conselho especializado aqui. Ao The Hollywood Reporter, o co-protagonista de Two and a Half Men afirmou:

“Charlie sugeriu alguns provedores online que ele usava ocasionalmente, pois era quando a prostituição estava ganhando espaço na Internet. Ele e eu tínhamos gostos diferentes, então não segui suas recomendações exatas.”

Em outro caso de arte imitando a vida, Cryer revelou que certa vez trouxe uma namorada para o set, apenas para ser informado por Sheen que ele a namorou no passado e eles terminaram porque ela não permitiu que ele trouxesse outra parceira no relacionamento.

- Publicidade -

Jon Cryer não está interessado em um revival de Two and a Half Men

Vendo como sitcoms de sucesso como “Will & Grace” e “Mad About You” receberam revivals nos últimos anos, muitos fãs estão se perguntando se há uma chance de que Two and a Half Men tenha um revival. Principalmente, com o trio original reprisando seus papéis icônicos.

Enquanto Charlie Sheen pressionou por isso com o conceito “The Harpers”, Jon Cryer não está exatamente voltando correndo para a casa de praia de Malibu tão cedo. Quando abordado sobre seu relacionamento atual com Sheen em “Access”,  Cryer disse:

“É uma espécie de montanha-russa quando você tem Charlie em sua vida, e eu simplesmente não decidi voltar a essa montanha-russa”.

Ao ser questionado se poderia participar de uma nova versão da série, Cryer riu e afirmou:

“Novamente, não tenho tanta certeza sobre voltar àquela montanha-russa.”

Charlie Sheen se arrepende de como deixou Two and a Half Men

A verdade não contada de Two And a Half Men
Imagem: Divulgação/CBS

Olha, todo mundo tem desentendimentos na vida – até mesmo atores e showrunners. Às vezes, eles podem não estar sentindo um roteiro ou a direção específica de uma série. Eles podem até se separar por causa de “diferenças criativas”, mas ainda insistem que são legais um com o outro.

Bem, Charlie Sheen certamente não recebeu esse memorando. Ele não apenas queimou suas pontes com o criador de Two and a Half Men, mas também pintou a cidade de vermelho com seu sangue (metaforicamente, é claro).

Embora parecesse que Sheen nunca acabaria com sua rivalidade com Lorre, o tempo cura todas as feridas. Em entrevista ao The Guardian , Sheen foi questionado sobre seus arrependimentos. A primeira coisa que ele disse foi:

“Eu deveria ter deixado a série de forma melhor.”

Não foi a única vez que ele expressou seu remorso pelo desenrolar dos acontecimentos, pois disse à People que “havia 55 maneiras diferentes de lidar com essa situação e escolhi o número 56”. É possível que, ao Sheen admitir seu erro, ele e Lorre possam trabalhar juntos novamente no futuro? Tudo é possível em Hollywood!

Então, você sabia dessas curiosidades de Two And a Half Men?

Certamente, você também vai gostar:

Heartland: Onde a série se passa e quando acontece?

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil, para não perder nada da série.