The Walking Dead está repetindo seu maior erro novamente

Acontecimento de Judith em The Walking Dead é um erro

- Publicidade -

The Walking Dead exibiu recentemente o episódio 23, chamado “Family”. Mas, a série provocou a repetição de um dos maiores erros já cometido em seus 12 anos de existência. No calor da batalha comas forças de Commonwealth, Pamela Milgon pegou uma arma e atirou em Daryl.

- Publicidade -

No entanto, criou se um momento de tensão em The Walking Dead, afinal, Judith é pega no fogo cruzado. “Family” terminou com Judith em apuros e Daryel desesperado para levá-la em segurança. Ao seguir esse caminho, o novo ano da série está sinalizando uma vontade de matar a filha de Rick Grimes.

Embora a temporada final precise de momentos chocantes, matar Judith seria um passo longe demais. É também uma linha que a série já cruzou uma vez na 8ª temporada , quando abruptamente matou Carl. Matar o filho de Rick, que era visto como o coração (e o futuro) da série, foi uma decisão extremamente controversa.

Além disso, parecia totalmente desnecessária. Ao matar outro dos filhos de Rick no final da série, The Walking Dead estaria se aventurando em um enredo totalmente incoerente, que novamente pode gerar indignação do público.

- Publicidade -

Judith morrerá em The Walking Dead?

A impressão dada pelo final do episódio de The Walking Dead, é que Judith está à beira da morte, mas isso não significa necessariamente que a garota vá morrer. Por enquanto, seu destino está aberto à especulação. Judith não estava entre os muitos personagens que corriam o risco de morrer na 11ª temporada.

- Publicidade -

Publicidade

Portanto, se a série realmente quer causar um choque, matar Judith seria uma maneira de fazer isso. Além disso, ir nessa direção – da morte de Carl – seria uma jogada ousada que está de acordo com outras escolhas questionáveis ​​feitas nas temporadas anteriores.

No entanto, pelas mesmas razões que a morte de Carl na 8ª temporada foi um erro, é um pouco difícil imaginar o final da série apostando nisso novamente. A série pode não ter a intenção de um final verdadeiramente feliz, mas fechar com a morte da garota seria totalmente inviável.

Portanto, embora a história da série seja realmente um sinal de que a morte de Judith não está completamente fora de questão, ainda é um cenário bastante improvável. Afinal, Judith é uma personagem relevante para o futuro de The Walking Dead após a 11ª temporada.

- Publicidade -

O futuro de Judith

Diante dos planos que a AMC tem para a franquia, Judith tem grandes chances de retornar em um derivado – se ela sobreviver, é claro. Ela pode não acompanhar Daryl à França, mas poderia se encaixar na história abrangente de Daryl Dixon de uma forma ou de outra, já que ele é seu atual guardião.

Há também a questão do spin-off de Rick e Michonne. Lidar com o CRM e se reunir podem ser seus objetivos imediatos em sua próxima série, mas voltar para seus filhos parece que deve ser uma história posterior para ambos os personagens.

- Publicidade -

Judith pode morrer em The Walking Dead
Imagem: Divulgação/Netflix

A última temporada de The Walking Dead se encerra em 22 de Novembro. A partir daí, a AMC anunciou que várias produções darão continuidade ao universo. Algumas delas, Fear e World Beyond, já estão em exibição. Posteriormente, Daryl (Norman Reedus) ganhará um spin-off situado e gravado na França, Negan (Jeffrey Dean Morgan) e Maggie (Lauren Cohan) vão encarar uma Nova York pós-apocalipse em Dead City, que estreia em abril de 2023.

No entanto, uma das mais aguardadas é a série vivida pelos personagens Rick e Michonne. Eles retornam em uma atração especial – que seriam 3 filmes – sobre o romance dos dois. Por fim, Tales, pode ganhar novas temporadas. 

- Publicidade -

Então, você acha que The Walking Dead erraria ao matar Judith?

Certamente, você também vai gostar:

>O novo DORAMA ROMÂNTICO perfeito da Netflix que os fãs estão amando

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil para mais novidades da série. (Via ScreenRant)