The Big Bang Theory: Novo derivado pode resolver 2 problemas de Young Sheldon

Novo derivado de The Big Bang Theory pode corrigir erros de Young Sheldon

- Publicidade -

A notícia de The Big Bang Theory está recebendo outro derivaod é empolgante. Mas, além disso, esse projeto pode resolver dois grandes problemas de Young Sheldon. Embora os fãs tenham ficado felizes com a notícia de Chuck Lorre está trabalhando em um derivado, isso não deve ser nenhuma surpresa.

- Publicidade -

Afinal, tanto The Big Bang Theory, quanto seu derivado, Young Sheldon, se tornaram grandes sucessos de audiência. As comédias tem muitas diferenças entre si, desde o estilo até o formato em que são filmadas. Contudo, ambas as séries possuem bases de fãs massivas e avaliações positivas.

Enquanto Young Sheldon promete manter a história de origem do personagem, a nova série de Chuck Lorre retornará ao mundo fictício da série original. No entanto, isso não significa que a série seja um sucesso garantido. Assim como Young Sheldon, a próxima derivada de pode ter muitos problemas.

The Big Bang Theory não deixou muito espaço para uma continuação, mas Young Sheldon já criou um prequel para a sitcom. Como tal, o próximo derivado de Lorre deve encontrar uma maneira de revitalizar o mundo da série original que não envolva mergulhar no passado novamente. 

- Publicidade -

Por que o derivado de The Big Bang Theory não pode ser um prequel?

Seria extremamente complicado para o novo derivado de The Big Bang Theory voltar as origens mais uma vez. Alguns detalhes de Young Sheldon, como a crescente amargura de Mary, se alinham com o que os espectadores viram mais tarde na série original.

- Publicidade -

Publicidade

Contudo, com muita frequência, a série prequel ignora ou contradiz abertamente os eventos de sua antecessora. A julgar pelo pedigree de Young Sheldon, outro pequel quase certamente contradizeria o cânone de ambas as séries. 

Isso tornaria muito menos atraente, afinal, Young Sheldon já contou várias histórias que posteriormente, foram vistas em The Big Bang Theory. Inclusive, algumas delas nem sempre estão relacionadas somente aos personagens.  

Mas, isso não é de tudo uma má notícia. Existem outras direçõs que Lorre poderia tomar no universo da série, se o criador se concentrasse em um personagem secundário esquecido. Ou até mesmo, em algum elemento subutilizado da série original.

- Publicidade -

Embora ambas as abordagens possam ser bem-sucedidas, focar em um único personagem ou em um cenário da série pode replicar o problema de enredo do local de trabalho de Young Sheldon. 

Como tal, a melhor maneira de garantir que os espectadores conheçam novos personagens e, ao mesmo tempo, mantenham contato com os heróis originais da série, seria por meio de uma sequência.

Sequência pode resolver 2 problemas de Young Sheldon

- Publicidade -

Se a próxima derivada de The Big Bang Theory fosse uma sequência, isso poderia consertar muitos buracos na trama deixados, tanto na série, quanto em Young Sheldon. Uma das grandes dúvidas dos fãs é o que aconteceu com Paige, que nunca foi mencionada na série original.

Além disso, se Sheldon alguma vez se reconectou com seus irmãos em sua vida posterior. A série sequencial também poderia explicar por que as afirmações de Sheldon sobre seu passado contradizem os eventos de Young Sheldon. 

Derivado de The Big Bang Theory pode evitar 2 erros de Young Sheldon
Imagem: Divulgação/Netflix

- Publicidade -

A série derivada consertou a triste vida amorosa de Georgie e pode consertar outros problemas, principalmente como consertou seu relacionamento com seus irmãos. Além disso, se Paige continuou sendo uma lembrança em sua vida. 

A sequência de The Big Bang Theory é arriscada

Com exceção de Raj, a maioria dos personagens de The Big Bang Theory receberam finais felizes e satisfatórios. Portanto, uma sequência direta teria que desfazer isso, o que é sempre uma proposta arriscada. Para que uma sequência direta funcione, a derivada necessitaria de conflitos, como qualquer outra sitcom. 

No entanto, Sheldon, Amy, Leonard, Penny, Howard e Bernadette tiveram finais felizes para sempre. Com isso, comprometer por causa de um drama novo e desconhecido pode soar como indesejável. Por isso, assim como a falta de vilões de Young Sheldon não prejudica o conflito do derivado, a próxima série ambientada nesse universo também pode contornar esse problema. 

Se a sequência da série se concentrasse na próxima geração de heróis, como That ’90s Show, a série poderia centrar os filhos da gangue da série original. Ao mesmo tempo, dar aos espectadores, novos insights sobre o grupo. Essa abordagem na derivada de The Big Bang Theory talvez fosse a mais perfeita. 

Além de apresentar novos personagens, atualizaria os espectadores como estão os personagens da série original. Como não se trata de uma série prequel, a derivada não precisaria se preocupar em contradizer o cânone existente da série, como Young Sheldon fez.

Apresentar os filhos do grupo também seria uma premissa divertida em si. 

Como a derivada poderia funcionar?

Assim como That ’90s Show extraiu muito humor das semelhanças e diferenças entre seus personagens principais e suas contrapartes em That’ 70s Show, uma sequência seguindo os filhos dos personagens poderia fazer o mesmo.

Os erros de Young Sheldon que The Big Bang Theory pode evitar
Imagem: Divulgação

Imaginem se, os filhos de Leonard nasceram atletas sem interesse em ciência, ou os filhos de Sheldon e Amy fossem devotamente religiosos. Seria algo totalmente diferente de The Big Bang Theory.

Isso dificultaria os personagens da série original de se relacionar com a nova geração. Por sua vez, daria à sequência seu conflito necessário. Enquanto isso, o maior problema de Young Sheldon também seria resolvido.

Afinal, o maior problema da derivada é que, insiste em seguir a vida de Sheldon, embora sua família dramática seja muito mais atraente. Esse não seria um problema para a sequência, já que a série poderia se concentrar em outros personagens além de Sheldon.

Dessa maneira, também traria regularmente de volta o anti-herói favorito dos fãs. Focar apenas em Sheldon prejudicaram alguns episódios em ambas as séries, mas uma sequência não precisaria se preocupar em replicar essa questão. Assim, depois de Young Sheldon , o melhor futuro para o universo The Big Bang Theory de Lorre é uma sequência da série.

Então, qual é o melhor caminho para o derivado da série?

Certamente, você também vai gostar:

The Witcher faz grande mudança antes da estreia da 3ª Temporada

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil para não perder nada da série.