- Publicidade -

‘Sandman’: Revelado por que Tom Ellis não viverá Lucifer na série

Entenda por que Tom Ellis não estará em Sandman

- Publicidade -

Estando cada vez mais próximo de estrear os seus 11 episódios na Netflix, Sandman, a nova série da plataforma a adaptar as HQs de Neil Gaiman na DC é envolta tanto em hype quanto em polêmica. Visto que, Gwendoline Christie (Game of Thrones) estará representando Lúcifer no lugar de Tom Ellis, o qual protagonizou a já encerrada adaptação do spin-off homônimo. Acima de tudo, por que o substituiram?

publicidade

A princípio, Morpheus (o mestre dos sonhos e o personagem titular) teve o seu núcleo de entidades – como o Rei do Inferno – inseridos no universo de heróis como o Batman em 1988. Por certo, trazendo criações influentes como Constantine (o Hellblazer) e, é claro, o próprio diabão, os quais eventualmente cresceram e seguiram independentes em histórias paralelas (spin-offs), conquistando fama individual.

Agora, 7 anos após a vinda do tão popular seriado com Tom Ellis na pele de Lúcifer – o qual se divergiu bastante das HQs de origem –, a Netflix junto do criador (Neil Gaiman) enfim estão por trazer aquele que iniciou tudo, com Sandman. Portanto, venham com a Streamings Brasil e entendam os porquês de Gwendoline Christie ser o nosso novo rosto infernal!

- Publicidade -

- Publicidade -

Sandman encerrou Lúcifer?

Gwendoline Christie será Lúcifer no lugar de Tom Ellis em "Sandman" de Neil Gaiman na Netflix
(créditos de reprodução: Netflix / DC Comics)

Em primeiro lugar, devemos esclarecer algo que os fãs imaginam erroneamente: a nova – e vindoura – série da Netflix, Sandman, não foi o motivo para que a casa “cancelasseLúcifer após sua 6ª temporada. Afinal, como o próprio Gaiman já disse, o streaming anunciou o fim da série antes mesmo de sequer adquirir os direitos da outra. Então não há relação.

- Publicidade -

De fato, também não há nem uma correlação entre ambas produções. Já que, apesar de fazerem parte de um mesmo universo nas HQs da DC, nas telas o detalhe não é compartilhado. Ou seja, assim como o Lúcifer de Peter Stormare em Constantine (2005) não está ligado ao de Tom Ellis, o mesmo pode ser dito para com o de Gwendoline Christie (vice-versa).

Apesar disso, fãs da DC que já estão acostumados com o conceito de “multiverso” podem se manter esperançosos. Afinal, não hoje, nem amanhã, mas talvez um dia pode ser que ocorra o encontro das diferentes versões. Pois até Ellis já participou – em uma única cena – do crossover entre séries da DC.

Tom Ellis e a Terra-666 em Crise nas Infinitas Terras

Ah, e vale ressaltar que até Supernatural (onde Mark Pellegrino é Lúcifer) tem um pé aqui nesta bagunça. Portanto, fantasiemos, fãs! Mas sem expectativas.

- Patrocinado -

Por que Ellis foi substituído?

Gwendoline Christie será Lúcifer no lugar de Tom Ellis em "Sandman" de Neil Gaiman na Netflix
(créditos de reprodução: Netflix)

O multiverso é famoso por ter versões alternativas de um ser com ou não a mesma aparência (Sem Volta Para Casa está aí para provar isso). Todavia, o caso de Lúcifer e Sandman é especial. Uma vez que, como Neil Gaiman explicou – novamente –, a série solo do Estrela do Amanhã se desvinculou tanto das HQs que foi mais fácil trazer tudo diferente. Vejam:

“[Não trouxe Tom Ellis de volta] pois sua versão, embora inspirada no original, se distanciou em termos de continuidade no final de sua série. Então, foi mais prático voltarmos para a versão dos quadrinhos com todos. Assim, você não saberá o que o nosso Lúcifer fará [na trama]. De qualquer modo, acho Tom adorável.” – O autor explicou à dúvida de um fã pelo Twitter.

- Publicidade -

 

Lúcifer é mulher em Sandman?

Gwendoline Christie será Lúcifer no lugar de Tom Ellis em "Sandman" de Neil Gaiman na Netflix
(créditos de reprodução: Netflix / DC Comics)

Agora, abordando o cerne da questão, pode-se dizer que o Rei do Inferno de Gwendoline Christie não será estritamente mulher em Sandman. Basta olharmos para as crenças cristãs e o universo DC, onde anjos não possuem gênero, inclusive, sequer genitálias.

Ou seja, como o Arcanjo Gabriel de Tilda Swinton em Constantine (2005), o Lucifer de Gwendoline não será homem e nem mulher. Assim, sendo mais fiel à fonte, onde o diabão fora inspirado em David Bowie (um ícone andrógeno). Pois é! Confiram melhor:

 

Do que se trata “Sandman“?

Gwendoline Christie será Lúcifer no lugar de Tom Ellis em "Sandman" de Neil Gaiman na Netflix
(créditos de reprodução: DC Comics)

Em resumo, Sandman conta a história de Sonho (ou Morpheus), um dos 7 Perpétuos (ao lado da Morte, Delírio, Desejo, Destruição, Desespero e Destino) e o governante do sonhar, o qual fora aprisionado por humanos ao longo de décadas. Porém, o qual após escapar, parte em busca de seus três artefatos: uma algibeira cheia de areia, um rubi e um elmo.

Assim sendo, a 1ª temporada da série adaptará os dois primeiros arcos das 75 edições originais da HQ, Prelúdios & Noturnos e A Casa das Bonecas.

 

Certamente, também lhes interessará:

  1. Final De Lúcifer Deixou O Destino De Miguel Em Aberto, Diz Teoria

  2. The Batman 2: Tudo Sobre A Sequência Do Filme Com Robert Pattinson

Ei, quer saber novidades de Sandman e demais projetos da DC na Netflix e HBO Max? Então, fique de olho na Streamings Brasil e lá pelo YouTube.

Comentários estão fechados.