Qual doença o Frank de The Last Of Us tem?

A verdade sobre a doença de Frank em The Last of Us

- Publicidade -

O 3° episódio de The Last of Us conta a história emocionalmente bela de Frank e Bill, que termina de forma agridoce devido à doença de Frank. O episódio começa como era de se esperar, com Joel e Ellie se recuperando da morte de Tess e continuando sua jornada para a cidade de Bill e Frank.

- Publicidade -

No entanto, uma vez que o episódio muda o foco para a experiência de Bill com o dia do surto em 2003, a maior parte do episódio de The Last of Us conta a história de seu relacionamento com Frank. Mas, também faz uma das maiores mudanças em relação ao jogo original até agora.

Esta história leva elementos sugeridos do jogo original. A principal é que Frank e Bill eram um casal vivendo juntos em Lincoln. Sendo o episódio mais diferente em relação ao jogo até agora, o episódio 3 mostra o relacionamento de Frank e Bill do começo ao fim.

Esse fim é causado por Frank, cuja idade avançada no final do episódio 3 de The Last of Us o leva a desenvolver uma doença específica. Por sua vez, isso o leva a planejar um último dia romântico com Bill. Mas, qual é a doença de Frank? Eis o que sabemos.

- Publicidade -

A doença de Frank em The Last of Us

Embora não fique explícito durante o episódio em The Last Of Us, podemos usar como base os sintomas que levaram o personagem a ficar debilitado. Certamente, ele desenvolveu a doença de Parkinson. A doença é uma condição que afeta o cérebro, na qual várias áreas do órgão ficam cada vez mais danificadas ao longo do tempo.

- Publicidade -

Publicidade

Os principais sintomas da doença de Parkinson que afetam Frank são tremores corporais involuntários (tremores) movimentos lentos, músculos rígidos e insônia. Tudo isso é tristemente destacado na história de Bill e Frank, principalmente nos últimos momentos do episódio.

Além disso, outro ponto válida a informação. Em um determinado momento do 3° episódio, Frank afirma que não havia cura para sua doença antes do surto. Ou seja, encontrar um médico a essa altura do campeonato, também não o ajudaria de forma alguma. 

Isso também evidencia que Frank desenvolveu a doença de Parkinson, que infelizmente é incurável no mundo real. O desenvolvimento do Parkinson faz com que Frank planeje seu último dia com Bill. Os dois vivenciam o dia romântico antes de morrerem tragicamente juntos em The Last of Us.

- Publicidade -

A doença de Frank mostra outro perigo do mundo pós-surto

A doença de Frank destaca outro perigo do mundo na linha do tempo do universo de 2023. Embora, naturalmente, uma grande ameaça seja o fungo Cordyceps e os infectados, o cuidado menor com o aqueles que desenvolvem outras doenças que existiam antes do surto é real. 

The Last Of Us: A doença de Frank na série
Imagem: Divulgação/HBO Max

- Publicidade -

Afinal, a queda da humanidade perante o mal maior, pode ter levado a isso. Frank e Bill tiveram sorte de certa forma, por terem acesso ao medicamento que pode ajudar Frank em Lincoln. No entanto, algo que não foi demonstrado no jogo original, é que existe outra ameaça indiscutivelmente maior no mundo pós-apocalíptico sombrio em The Last of Us.

Então, o que você achou do episódios? A série está sendo exibida semanalmente, aos Domingos, no HBO Max. 

Certamente, você também vai gostar:

- Publicidade -

The Walking Dead: 11ª Temporada estreia na Netflix

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil, para não perder nada da série.