Publicidade

Prisioneiros da Madrugada: A verdade por trás da série da Netflix

Prisioneiros da Madrugada é inspirado em uma história real? Descubra

Prisioneiros da Madrugada é uma mais nova série espanhola da Netflix. Criada por Xosé Morais e Victor Sierra, a série de suspense espanhola se passa no Monte Baruca, uma prisão psiquiátrica. Por lá, vivem vários criminosos presos sem qualquer contato com o mundo exterior.

Publicidade

No entanto, em Prisioneiros da Madrugada, as coisas tomam um rumo diferente quando um grupo de bandidos armados se infiltra na instalação. Seu objetivo é capturar um serial killer encarcerado chamado Simón Lago. Mas, eles enfrentam a forte resistência do diretor da prisão. Dessa forma, precisam estar preparados para lutar por suas vidas.

A série é repleta de reviravoltas e possui algumas cenas sangrentas. Além disso, a produção apresenta algumas performances brilhantes de um elenco talentoso. Alguns dos nomes incluem Alberto Ammann, Luis Callejo, David Solans e Fran Berenguer.

Produzida com uma riqueza de detalhes, Prisioneiros da Madrugada chegou rapidamente ao Top 10 da Netflix. Isso leva os fãs a se questionarem se a história é real. Bem como, se o resgate realmente aconteceu em algum lugar na Espanha. Pois bem, vamos entrar nos detalhes e tirar todas as suas dúvidas.

Publicidade

Prisioneiros da Madrugada é baseado em uma história real?

Indo direto ao ponto, a resposta é não. Prisioneiros da Madrugada não foi inspirada em nenhuma história real. Os criadores afirmaram que a história é totalmente fictícia. Embora como aconteça em outros thrillers policiais, alguns elementos de verdade estão embutidos na narrativa. 

Publicidade

Porém, a ideia central da série partiu de Xosé Morais e Victor Sierra. Além de criarem a série, a dupla também foi responsável por escrever o roteiro. Assim, a série espanhola é um produto das mentes de dois gênios da escrita. Portanto, a história não é real.

O tema central de Prisioneiros da Madrugada

O tema central da série concentra-se amplamente em doenças mentais. Por sua vez, foca em como isso pode levar as pessoas a cometer alguns crimes hediondos e violentos. Além disso, a série tem como foco nas injustiças sociais que prevalecem na sociedade atual. Tal retrato, é visto através dos presos encarcerados no présidio psiquiátrico.

Publicidade

O fato de serem negados a esses homens qualquer tipo de processo ou recompensa por seus atos, mostra que eles são tratados de forma desumana. Outros pontos explorados em Prisioneiros da Madrugada são poder, violência e corrupção. Tais pontos, são frenquentes dentro dos limites do sistema prisional.

Ao longo dos últimos anos, vários filmes e séries foram lançados abordando temas semelhantes. Os primeiros que vêem à mente são Prison Break e Breakout. Ambos se passam em prisões e mostram um pouco da realidade. Prision Break na verdade, foca em torno do plano de fuga da prisão. Entretanto, na trama de Michael Scofield, fica evidente a violência e a corrupção associadas ao sistema prisional. 

Publicidade

Por sua vez, Breakout dramatiza as fugas de prisões da vida real. Assim, relata as brigas entre prisioneiros e autoridades prisionais. Ao mesmo tempo, ambos os grupos tentam enganar um ao outro para conseguirem o que querem.

Atores falaram sobre tema

Publicidade

Prisioneiros da Madrugada é baseada em uma história real
Imagem: Divulgação/Netflix

Alberto Ammann, ator argentino que vive o diretor da prisão Hugo Roca em Prisioneiros da Madrugada, falou ao Planet Smarts, que, tal cargo, requer um dilema moral e ético. Por sua vez,  Bárbara Goenaga, que vive Dra. Elisa Montero, afirmou que era a favor de que a série é um obra de ficção. Com isso, todos os fatos devem ser levados como tal. 

No entanto, ela acrescentou que um psiquiatra estava disponível para ajudá-los. Aliás, tal profissional já tinha vivido no meio penitênciário. Portanto, não há como negar que a série lida com questões realistas. Afinal, essas questões são vividas pela sociedade atual. 

Mas, isso não muda o fato de que, a série nasceu totalmente por conta dos criadores. Por mais que, existisse a possibilidade de eles se inspirarem em alguma notícia real, isso não ocorreu. Com isso, podemos afirmar que Prisioneiros da Madrugada não é inspirada em uma história real.

Publicidade

Então, você já assistiu a série?

Certamente, você também vai gostar:

>Lost: Revelado por estrela da série desapareceu da TV

Publicidade

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil, para mais novidades da série.