Power Rangers: 6 detalhes e easter eggs do especial da Netflix

Descubram os 6 detalhes, ou "easter eggs", que passaram batido em "Power Rangers: Agora e Sempre" na Netflix.

- Publicidade -

São muitas as franquias que evocam nostalgia ao mesmo tempo em que continuam a “morfar” novos fãs. Só que nenhuma faz isso melhor do que Power Rangers. Indubitavelmente, um dos maiores marcos dos anos 90, e que acaba de completar 30 anos de existência. Logo, em comemoração a Netflix lançou Agora e Sempre, um especial e tributo o qual está cheio de homenagens e referências não só à Mighty Morph, como também, de várias sagas posteriores.

- Publicidade -

À primeira vista, tal marca pode até parecer não ter a mesma força e presença que tinha no início. Mas, além de ter marcado eternamente a cultura pop ao mostrar o gênero japonês “super sentai” para novas gerações, seu universo e tradições continuam a se expandir, ano após ano, com novas formações de “rangers” (em séries e HQs), que levam este legado.

Isto posto, Power Rangers: Agora e Sempre não só trouxe a tão aguardada reunião dos heróis originais da saga Mighty Morph pela Netflix. Como também, respondeu dúvidas pendentes e, claramente, uniu as diversas fases através de detalhes e easter eggs bem curiosos. Portanto, venham com a Streamings Brasil para entender suas 10 principais referências!

1 – O ‘Protocolo Bandora‘ e vários, vários Power Rangers

- Publicidade -

A princípio, esse especial não só reuniu a formação clássica de MMPR (com capacetes), mas também, citou e mostrou vários outros Rangers da franquia. E isso aconteceu de duas formas. Primeiramente, a partir do “Protocolo Bandora”, ativado por Alpha 9. O qual, além de referenciar ao nome original japonês da vilã Rita Repulsa (em “Kyouryu Sentai Zyuranger”), revelou as localizações dos heróis que ajudaram:

  • Reefside, de “Dino Trovão“;
  • Coral Harbor, de “Morfagem Feroz“;
  • Astro Megaship, de “Power Rangers no Espaço“;
  • Terra Venture, de “Galáxia Perdida“;
  • Turtle Cove, “Força Animal“;
  • Kyoto, um aceno às séries originais japonesas.

- Publicidade -

Publicidade

Em segundo, ao mesmo tempo em que remeteu aos nostálgicos colecionáveis da franquia, vimos Rita transformar alguns rangers em bonecos. Tais quais como Jason, Kimberly, Tommy, Tanya Sloan, Ashley Hammond, Carlos Vallerte, Kai Chen, Leo Corbett, Damon Henderson, Merrick Baliton, Trent Fernandez-Mercer, Conner McKnight, Nate Silva, Devon Daniels, Ravi Shaw e até o Ranger Fantasma.

2 – Patrulha Espacial Alfa (S.P.A.)

Além de David Yost e Walter Jones retornarem como Billy e Zack de Mighty Morph neste Power Rangers: Agora e Sempre da Netflix, tivemos a volta da dupla de rangers “Zeo”, Adam (Johnny Yong Bosch) e Aisha (Karan Ashley). Em suma, eles surgem como oficiais e representantes da “SPA”. Que – aparentemente – é a força espacial que predecede a “SPD” (Patrulha Espacial Delta), a qual ainda será fundada em 2025.

- Publicidade -

Por consequência de suas participações, Adam e Aisha protagonizam dois breves mas importantes momentos no especial. Visto que a ranger amarela, e antes sucessora de Trini, dá sua benção à filha da falecida personagem, Mihn (Charlie Kersh). Agora, a atual dona da morfagem de Tigre Dentes de Sabre”. Além disso, na despedida final, vemos pela primeira vez os atores Jhonny e Walter, os “pretos”, reunidos.

Banner e poster oficial do episódio especial do aniversário de 30 anos da série / saga "Mighty Morphin" intitulado "Power Rangers: Agora e Sempre" da Netflix com o elenco original com David Yost como Billy Cranston, Walter Jones como Zack Taylor, Steve Cardenas como Rocky DeSantos, Catherine Sutherland como Katherine Hillard, Barbara Goodson como Rita Repulsa, Richard Horvitz como Alpha, Johnny Yong Bosch como Adam Park, Karan Ashley como Aisha Campbell e apresentando a nova ranger amarela Charlie Kersh como Minh Kwan em homenagem ao falecimento de Thuy Trang (Trini) e Jason David Frank (Tommy)
(créditos de reprodução: Netflix)

3 – Estilos de Mihn, Zack e Rocky

- Publicidade -

Além de herdar o manto de ranger amarela de sua mãe, vemos a nova personagem, Mihn, treinando o estilo de luta kung fu “Louva-a-Deus”, característico Trini. Inclusive, tendo sido o arco de um episódio da heroína de Thuy Trang lá em Mighty Morphin Power Rangers”. Dessa forma, nem é surpresa que até Rita Repulsa notou tal técnica de combate no especial.

Por outro lado, é Mihn quem percebe outro estilo de luta revisitado em Agora e Sempre. Em suma, sendo a mistura de movimentos de dança e combate de Zack, originalmente, apelidados por “hip-hop-kido”.

Ademais, o ranger vermelho, Rocky, também repete seu movimento de assinatura. Sendo este o “chute giratório”, o qual antes vimos colocá-lo no hospital em Power Rangers: Turbo (1997). Felizmente, ele o executa perfeitamente, e além de se redimir, o herói acaba até mesmo sendo elogiado por Billy. Ufa, ufa!

- Publicidade -

4 – Volta de vozes e dubladores

Curiosamente, apesar de não estarem fisicamente presentes nesse especial, pudemos ouvir as vozes de Richard Steven Horvitz e Barbara Goodson como Alpha e Rita. E, semelhantemente, foi possível ouvir Thuy Trang gritar “Billy!” quando sua personagem se sacrificou pelo ranger azul. Também, a canção de Kimberly (Amy Jo Johnson) para Tommy, “Down the Road”, é tocada em memória de Jason David Frank.

E, especialmente para nós, brasileiros, voltaram as clássicas vozes dos dubladores dos personagens em Power Rangers: Agora e Sempre. Por exemplo:

  • Eduardo Dascar como Billy;
  • Peterson Adriano como Zack;
  • Duda Ribeiro como Rocky;
  • Marisa Leal como Kat;
  • Hércules Franco como Alpha;
  • Fernanda Crispim como Aisha;
  • Christiano Torreão como Adam.

Como complemento, para os fãs mais aficionados, é interessante ressaltar que a dublagem do especial da Netflix foi dirigida por Henrique Canales, na UniDub.

5 – O filho prodígio de Tommy

Da mesma forma que Trini virou mãe, o especial também reforça que Tommy Oliver e Katherine “Kat” Hillard tiveram um filho. Em resumo, sendo o jovem J.J. Oliver, que já foi referenciado nas sagas “Zeo” e “Aço Ninja”. Só que, principalmente, sabemos que se juntará à SPD como um ranger verde, igualmente ao seu pai (na HQ “Power Rangers: Alma do Dragão”).

6 – Tratamento dos rangers em Aquitar

Além de uma referência ao Império Troobian, Aisha e Adam também revelam que todos aqueles rangers transformados em bonecos por Rita serão curados no planeta Aquitar”, aquele qual Billy antes tratou seu envelhecimento acelerado em “Zeo”. Mas não só isso, o ranger azul sugere que logo voltará para sua esposa aquitariana e “antigas aventuras”, afinal de contas, ele mesmo possui uma família por lá.

Ainda no assunto “espaço sideral” e durante o papo final entre toda a equipe em Power Rangers: Agora e Sempre, Billy brinca sobre futuramente trazer um souvenir do planeta “Mirinoi” para Mihn. Essa que, por sua vez, se trata da terra natal de Maya (Cerina Vincent), ranger amarela da saga Galáxia Perdida.

Certamente, você também vai gostar:

The Walking Dead: Maior cena de Gleen foi improvisada pelo ator

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil, para não perder nada da série.