Percy Jackson: Porquê série da Disney acerta e será melhor que os filmes

Série da saga Percy Jackson promete ser bem mais fiel que os filmes

- Publicidade -

Percy Jackson e os Olimpianos, próxima série teen da Disney+, já está gerando muita expectativa, e alguns detalhes já indicam que o show tem tudo para ser melhor que os filmes.

- Publicidade -

Nos anos de 2010 e 2013 tivemos duas adaptações da série de livros Percy Jackson, escrita por Rick Riordan: “O Ladrão de Raios” e “O Mar de Monstros”. Contudo, esses filmes não conseguiram capturar a intenção criativa do autor e foram alvo de críticas tanto por parte da crítica especializada quanto pelos fãs dos livros.

Além das críticas às caracterizações, que foram consideradas inadequadas em termos de idade e personalidade, mudanças narrativas significativas, como a abordagem da jornada para o Submundo, prejudicaram a recepção dos filmes.

Série da saga Percy Jackson será (bem) mais fiel que os filmes

- Publicidade -

O elenco e o material promocional de Percy Jackson e os Olimpianos sugerem uma fidelidade maior à fonte original quando comparados às adaptações para o cinema.

Sob a orientação criativa de Riordan, a série da Disney+ busca corrigir os equívocos cometidos nos filmes. Além disso, o comprometimento da Casa do Mickey com a visão de Riordan, somado aos orçamentos específicos por episódio equivalentes aos de The Mandalorian, indicam que a adaptação para a TV dedicou tempo e recursos para criar uma narrativa que ressoe efetivamente com os fãs.

- Publicidade -

Publicidade

Ao corrigir erros de tom, como manter Percy com 12 anos em vez de 17, os trailers e entrevistas também insinuam que os poderes dele na série serão representados de forma mais fiel e vantajosa em comparação com os filmes.

Walker Scobell fez treinamento com espadas

Enquanto os filmes utilizaram a espada Riptide de Percy, por vezes de maneira incorreta, a série da Disney+ mostra um uso mais intencional da icônica arma. O ator Walker Scobell passou por treinamento de dublês, incluindo uma peculiar sessão de jogo de ping pong com uma espada.

- Publicidade -

Assim, Scobell pôde se familiarizar com o manuseio dela, sinalizando positivamente para as (muitas) cenas de luta esperadas na série. Ademais, o conteúdo promocional oferece vislumbres de Percy Jackson utilizando a Riptide em batalha e durante o treinamento no Acampamento Meio-Sangue.

A importância da Riptide para o personagem está intrinsicamente ligada ao seu progresso em combate. Enquanto o filme também mostra o semideus treinando com a espada no acampamento, a série da Disney+ parece adotar uma progressão mais lenta e precisa, conforme revelado até o momento.

Nova abordagem para Percy Jackson

- Publicidade -

Naturalmente, alinhar-se à intenção central de Riordan em relação à caracterização de Percy Jackson já representa um avanço significativo. Contudo, ao abordar as habilidades de luta do semideus de maneira precisa, a série pode fortalecer ainda mais a narrativa, ampliando sua atratividade não apenas para os fãs dos livros, mas também para novas audiências.

O material promocional destaca que a história de Percy ao longo da série concentra-se em “desbloquear [seu] destino” e “liberar [seu] poder”. Essa ênfase em destino e poder está alinhada com a trajetória geral da série de livros, que acompanha a jornada dele até seu 16º aniversário, quando ele precisa tomar uma decisão que pode tanto salvar quanto destruir o Olimpo.

série da Disney de Percy Jackson
Imagem: Divulgação / Disney+

- Publicidade -

Considerando que os filmes aceleraram o desenvolvimento das armas e habilidades de luta de Percy, além de reimaginarem a história de Cronos, perderam a oportunidade de explorar o desenvolvimento do personagem até a adolescência e de entender plenamente o alcance de seus poderes.

Ao final, a série da Disney, ao que tudo indica, irá abordar esse aspecto, incluindo a habilidade do semideus de manipular a água, que permaneceu em grande parte oculta até o momento. Em suma, o foco de Percy Jackson e os Olimpianos na correção do desenvolvimento irregular das habilidades nos filmes, aliado ao aprofundamento do arco pessoal dele, promete satisfazer os fãs mais chegados da franquia.

Anote a data: a série estreia dia 23 de dezembro no Disney+.

Certamente, você também vai gostar:

Sweet Home: 2ª temporada resolve maior mistério da série após 3 anos de especulação