Publicidade

Outlander: Netflix dá péssima notícia para os fãs na 6ª temporada

Outlander retornará, mas não na Netflix

Publicidade

Os fãs de Outlander aguardaram mais de dois anos para ver a 6ª temporada da série. Entretanto, os fãs da série terão que fazer isso em outro serviço de streaming, já que, os episódios inéditos não chegarão na Netflix. Anteriormente, a série era exibida na TV, e somente após o final, chegava no serviço.

Isso transformava a Netflix como prioritária em exibição em streaming da série histórica. Porém, isso mudou radicalmente agora. A partir de agora, a série será exibida com episódios semanais no Star+. O anúncio oficial ocorreu através do perfil oficial do serviço de streaming.

Publicidade

De acordo com a mesma, o primeiro episódio a partir do dia 16 de Março. A 6ª temporada de Outlander terá um atraso de 10 dias, em relação a sua exibição nos Estados Unidos. Lá, a série é uma produção original do Starz. 

A 6ª temporada de Outlander

Publicidade

A 6ª temporada de Outlander é baseada no sexto livro escrito por Diana Gabaldon. A Breath of Snow and Ashes, encerra o chamado “Droughtlander”, apelido que a série ganhou por conta do período que ficou sem lançar episódios. De agora em diante, Claire e Jamie se preparam para a revolução americana. 

Até então, vimos que a série seguiu Claire, um jovem que acaba reencontra com seu marido após seu primeiro marido, Frank, após a segunda guerra mudnial. No entanto, ela é transportada para outros lugar no tempo, ao tocar em uma pedra mágica. 

Já a nova temporada, continuará focada em Jamie e Claire se esforçando para estabelecer e proteger seu novo lar na América colonial. Ao mesmo tempo, a agitação política que leva à guerra revolucionária se desenrola ao redor deles. 

Publicidade

A história oficial da 6ª temporada

Através de suas redes sociais, o canal Starz, deu detalhes sobre a 6ª temporada de Outlander. A sinopse oficial diz:

Publicidade

“A nova temporada mostra a continuação da luta de Claire e Jaime para proteger aqueles que amam. Ao mesmo tempo, navegam pelas provações e tribulações da vida na América colonial. Mas, estabelecer uma casa no novo mundo não é uma tarefa fácil. 

O período da dramática convulsão política do interior selvagem da Carolina do Norte, dificulta essa tarefa. Ainda assim, os Fraseres se esforçam para manter a paz e florescer dentro de uma sociedade que caminha para a revolução. Mas é nesse cenário que, Claire e Jamie constroem uma nova casa juntos.

Assim, eles devem defender este lar. Afinal, os conflitos não surgem apenas de forças externas, mas também da crescente luta e conflito na comunidade sob seus cuidados. Para os Frasers, e sua família imediata, “casa” é mais do que um local em que vivem. Esse é o lugar onde eles lançarão as bases para o resto de suas vidas.

Por isso, a 6ª temporada de Outlander, explora o que acontece quando há desarmonia e divisão entre os habitantes da casa que você criou: quando você se torna um forasteiro, por assim dizer, marginalizado e rejeitado em sua própria casa. “O que você está disposto a fazer para proteger sua casa?” então a 6ª temporada explora o que acontece quando há desarmonia e divisão entre os habitantes da casa que você criou.”

6ª temporada de Outlander na Netflix

Publicidade

Outlander terá 6ª temporada
Imagem: Divulgação/Netflix

Embora os episódios fiquem disponíveis no catálogo do Star+ com exclusividade, isso não quer dizer que a série não chegará na Netflix. No entanto, já sabemos que, da mesma forma que ocorreu nas temporadas anteriores, os fãs que optarem por assistir pelo serviço, terão que aguardar um bom tempo.

Nos anos anteriores, a série sempre chegou ao catálogo, um ano após a temporada estrear na Tv. Ou seja, é provável que a 6ª temporada de Outlander chegue na Netflix somente entre Março e Abril de 2023. 

Então, você vai assistir a série por qual serviço ? Confira um trailer da temporada:

Publicidade

Certamente, você também vai gostar:

Publicidade

>Uncharted: Fora do mapa na Netflix: Onde assistir em Streaming

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil, incluindo Youtube