Início Amazon Prime Video Netflix x Amazon Prime Video: Qual vale a pena assinar ?

Netflix x Amazon Prime Video: Qual vale a pena assinar ?

Conheci a Netflix em 2012, de lá pra cá, após 8 anos da chegada do serviço no Brasil, muita coisa mudou. Concorrentes, saídas de conteúdo importantes e cancelamentos inesperados ocorreram no serviço. Mas hoje queremos reter nossos comentários a disputa entre Netflix x Amazon Prime Video.

Separamos os prós e contras dos dois serviços e já adianto que, no Brasil, acredito que o Prime Video, seja o maior concorrente atualmente da Netflix. Futuramente, analisaremos catálogo de outros serviços para que você possa decidir qual é o melhor.

Netflix x Amazon Prime Video
Netflix x Amazon Prime Video

Netflix x Amazon Prime Video – História dos Streamings.

Netflix chegou ao Brasil exatamente no dia 01 de Setembro de 2011. Na época, havia um grande número de tv’s online e sites pirata. Por isso, quando via uma das propagandas do serviço, oferecendo séries e filmes ilimitados por R$14,90, soava estranho. Com um teste de 30 dias grátis, era uma oferta chamativa e decidi assinar.

Lembro que, as primeiras séries que assisti no catálogo foi Prison Break – pois cursava Engenharia Civil na época – e How I Met Your Mother.

Já a Amazon Prime Video, chegou no Brasil no final de 2017, modesto e com um catálogo mal explorado não vingou inicialmente. O preço era R$7,90 durante os primeiros seis meses, e após isso R$14,90.

Assinei o serviço para testar pois, na época já imaginava que o crescimento dos streamings nos próximos anos seria gigante. Alem disso, o catálogo tinha uma das minhas séries favoritas: Two and a Half Man (Dois homens e meio), recém saída da Netflix.

Depois de dois anos experimentando ambos os catálogos, analisei e separei o que tem de melhor em cada um deles para vocês.

Preço das assinaturas

Lembra quando surgiu o celular dois chips no Brasil ? Todo mundo tinha duas operadoras. Uma pela internet, outra por que seus amigos usavam a mesma operadora.

Pois bem, essa comparação serve para os serviços de streaming. Dificilmente, alguém que gosta de séries e filmes utiliza apenas um serviço hoje. O que pode pesar na escolha final ? O preço.

Netflix – De 14,90 para 21,90

O plano mínimo, com 1 tela e apenas com definição padrão da Netflix variou muito. O catálogo sempre esteve disponível igualmente em todos os planos, porém, o valor alterou nos últimos anos.

Vimos por exemplo, o plano de 1 tela, aumentar para o preço que pagávamos em duas telas com qualidade HD. Esse mesmo, de duas telas, pulou de R$22,90 para R$27,90 e posteriormente R$32,90.

Para quem usa o plano família, com quatro telas, o valor pulou de R$32,90, para R$37,90 e agora R$45,90.

Um salto significativo, porém ainda compatível com nossos padrões, já que, o serviço possui o maior número de títulos do país, com cerca de 4.300 filmes e séries. Atualmente, a Netflix tirou do Brasil, o teste grátis por 30 dias.

Amazon Prime Video – De 14,90 para 9,90

Quem assinou o Prime Video, como constei anteriormente, pagava inicialmente R$7,90 e após 6 meses, o valor era alterado para R$14,90.

Em uma iniciativa de ganhar o mercado brasileiro, a Amazon englobou diversos serviços em um único plano, R$9,90. Amazon Music, Frete grátis nas Lojas parceiras, Kindle e Prime Video, estão inclusos nessa lista. Conheça aqui.

Porém, o serviço apresenta um catálogo menor, com cerca de 2500 títulos.

Neste ponto, ressalto que, um usuário comum, que paga apenas para si mesmo, compensa manter os dois serviços, sendo: 1 assinatura de R$21,90 da Netflix e 1 Assinatura de R$9,90 da Amazon.

Séries Originais

Aqui entre dois fatores. Há pouco mais de um ano, a Netflix apostou em quantidade. Isso fez com que o serviço adquirisse várias séries dos países em que atua e disponibilizasse no mundo todo.

O resultado foi um aumento do catálogo, porém, uma queda grande de qualidade. Existem muitos casos em que o serviço acertou na mosca e lucrou com o sucesso, por exemplo de: “La Casa de Papel”. Já com outra coisas bizarras disponibilizadas como: The I-Land.

O ponto positivo dessa atitude foi um grande número de animes e Doramas (novelas asiáticas) sendo disponibilizadas, principalmente, nos últimos meses.

Já o Prime Video, decidiu apostar na qualidade. Em 2019, todos os meses o serviço disponibilizou uma nova produção original. Assisti quase todas, e posso dizer que a qualidade das produções da Amazon, em parte, são superiores a Netflix.

Enquanto a Netflix aposta em séries teen aos montes e joga no catálogo, a Amazon aposta em séries adultas e memoráveis. Diga-se de passagem: Good Omens e The Boys.

Por isso, a Netflix acumula série canceladas ou que, quando tem novas temporadas disponibilizadas nem lembramos do que se trata. Em contra partida, oferece uma gama tão grande de variedade que você pode terminar de assistir uma série de terror e embarcar em um romance coreano sem espaço.

Conclusão: De um tempo pra cá, tenho dado mais espaço as séries originais da Amazon Prime Video.

Catálogo – Netflix x Amazon Prime Video

Por muito tempo, a Netflix foi a detentora do melhor catálogo de forma geral dos streamings presentes no Brasil. Porém, desde 2017, quando o contrato com a Fox se encerrou, o serviço parece ter se enfraquecido nesse sentido.

A maior debandada foi em 2019, quando foi anunciado que, filmes da Disney, após Capitã Marvel não chegaria no serviço. Todos pensamos que era em função do Disney+. O que se viu foi a Amazon adquirindo os direitos de diversas produções da produtora, incluindo Vingadores: Ultimato e disponibilizando no catálogo.

Ainda por cima, a Amazon deu show em disponibilizar, diversos filmes lançados nos cinemas em 2019 para os assinantes.

Se a Amazon cresce adquirindo conteúdos de outros estúdios, algo que a Netflix fez lá no começo, a Netflix especializa cada vez mais em produzir novos conteúdos. Stranger Things, Roma, Sex Education e tantas outras produções, mostram que o serviço está no caminho certo quanto a produção original.

De outro lado, a Amazon mexe com o saudosismo, quando disponibiliza: Smallville, Seinfield, CSI, Monk e outros títulos.

Há ainda produções que estão, por enquanto, disponíveis nos dois serviços como: Um maluco no Pedaço, Bates Motel e Grimm.

Séries canceladas – Netflix x Amazon Prime Video

A Netflix chamou a atenção quando cancelou diversas séries consideradas de sucesso. The OA, Santa Clarita Diet, e Anne – fruto da parceria com a CBC – foram canceladas. Claro que, boa parte dos fãs ficaram possessos e afirmaram não começar a assistir uma série, se a Netflix não confirmar outras temporadas.

Porém, essa acusação chega a ser patética. Todos os canais cancelam séries que não dão retorno.

A Amazon também passou a faca em 2019. Em um número menor, com seis séries canceladas, o serviço também deixou de produzir séries amadas pelo público. Lore, Forever, Too Old To Die Young, The Tick, The Romanoffs e Patriot foram títulos que foram encerradas pelo serviço.

Netflix x Amazon Prime Video – Qual vale a pena assinar ?

Analisando todas essas alternativas, ainda acho que a Netflix vale mais a pena. O número de produções e outros fatores como a facilidade do aplicativo e criação de perfis, divulgação, conta muito para o serviço.

A Amazon precisa melhorar exatamente nesses pontos. Separar perfis – até o Globoplay tem, fazer maior divulgação do catálogo.

Mas se você quer um serviço barato, compensa experimentar o Prime Video. Inclusive agora, o serviço possui 30 dias grátis.

Alex Canva
Alex, 23 anos. Especialista e co-fundador do maior site sobre serviços de streaming como Netflix, Amazon Prime Video, TelecinePlay, HBO Go, Globoplay e outros que estão disponíveis no Brasil. Construo dicas, informo, e antecipo lançamentos dos serviços de streaming.
- Publicidade -

Mais lidas

- Publicidade -