Mindhunter: Cancelamento deixa grande problema para série

Mindhunter não abordará crimes verdadeiros

- Publicidade -

O cancelamento decepcionante da 3ª temporada de Mindhunter impede a correção do verdadeiro problema sobre séries de crimes reais. Baseado nos livros de crimes reais de 1995, Mindhunter: Inside The FBI’s Elite Serial Crime Unit, a série segue dois agentes fictícios do FBI, Holden Ford e Bill Tench.

- Publicidade -

Os dois estudam a psicologia criminal de assassinos em série. Depois que Mindhunter estreou em 2019, os fãs especularam o retorno para uma 3ª temporada, mas o longo hiato deixou algumas dúvidas se veríamos Ford (Jonathan Groff) interrogar assassinos em série novamente.

O diretor mais frequente da série, David Fincher, confirmou que a série foi oficialmente cancelada em uma entrevista para a publicação francesa Le Journal du Dimanche. Algo que obviamente deixou os fãs bem decepcionados.

Quando questionado sobre a 3ª temporada da série, Fincher explicou:

- Publicidade -

“Estou muito orgulhoso das duas primeiras temporadas de Mindhunter, mas é uma série particularmente cara. Aos olhos da Netflix, não atraímos um público grande o suficiente para justificar tal investimento. Não os culpo, eles correram riscos para lançar a série.”

Embora haja seguidores apaixonados por Mindhunter, as visualizações não foram o suficiente para contabilizar os custos de uma série de época. No entanto, ao cancelar a série, a Netflix impediu a continuação de sua subversão inteligente do gênero de crimes reais, algo que acabou ajudando a se destacar de seus concorrentes.

- Publicidade -

Publicidade

3ª temporada de Mindhunter não mostrará as falhas

A descrição na série do histórico de perfil criminal foi cuidadosa para destacar as falhas no sistema e se apoiar na ideia de que serial killers não são especiais. Com o exemplo do próprio Ford, a produção mostra como a fixação em serial killers pode ser prejudicial.

O cancelamento da 3ª temporada de Mindhunter impede que esse segmento da história continue e exista como uma vitrine de alguns dos perigos do gênero e da indústria de séries baseadas em crimes reais.

- Publicidade -

Com o sucesso de programas de crimes reais como Dahmer Monster: The Jeffrey Dahmer Story, a ética de produzir histórias de crimes reais foi questionada. Alguns criticam esses programas de crimes reais por glamourizar assassinos em série. Além disso, essas produções podem traumatizar novamente as famílias das vítimas em nome do entretenimento.

Embora essas séries produzam ótimas performances, a popularidade dos programas de crimes reais representa um problema. Isso porque as pessoas podem confundir a ficção com a realidade. Mindhunter combate esse problema tirando todo o glamour dos assassinos em série e se concentra no trauma causado pela exposição a violência.

Porque a representação de crimes reais era tão diferente na série

- Publicidade -

A série evita algumas armadilhas de outras adaptações populares de crimes reais, concentrando-se nos agentes do FBI Holden e Bill. A produção os segue enquanto sua psique é afetada por suas interações com crimes violentos.

Em vez de seguir Ed Kemper (Cameron Britton) enquanto ele comete crimes, o espectador aprende sobre ele por meio de duas interações com Ford e Tench. O tempo de tela limitado de Kemper em Mindhunter torna as cenas de Britton mais poderosas e aterrorizantes.

Mindhunter: Cancelamento deixa grande problema para série
Imagem: Divulgação/Netflix

- Publicidade -

Também evita que o espectador simpatize com assassinos em série, o que foi um problema com o Dahmer de Evan Peter. Apesar da popularidade de histórias de crimes reais, a Netflix decidiu não ir mais longe com a série, mesmo com sua pontuação no Rotten Tomatoes de 96%.

Isso, inclusive, fez com que a produção se tornasse um dos programas da Netflix com maior audiência. A série combina psicologia criminal convincente com eventos da vida real para criar uma experiência de visualização verdadeiramente única.

Coisa que muitos programas do tipo ainda não conseguiram alcançar. O buraco que a 3ª temporada de Mindhunter deixa no catálogo da Netflix vai ser sentido por milhares de fãs de crimes reais.

Certamente, você também vai gostar:

Pretty Little Liars: O que aconteceu com Alison (e por que ela desapareceu)

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil, para não perder nada da sua série favorita. (Via ScreenRant)