- Publicidade -

House Of The Dragon: Teorias Apontam Série Muito Diferente De Game Of Thrones

House of the Dragon promete surpresas para os fãs de Game Of Thrones

- Publicidade -

House of the Dragon é uma das séries mais aguardadas de 2022. A série do HBO Max, no entanto, está trazendo um grande número de teorias de fãs. No entanto, essas teorias estão sendo drasticamente diferentes das teorias inspiradas em Game of Thrones.

publicidade

Baseado em Fire & Blood, de George R.R. Martin, House of the Dragon conta a história sangrenta da Casa Targaryen. A próxima série do HBO Max, trará de volta alguns dos showrunners veteranos de Game of Thrones. Um dos principais é Miguel Sapochinik, que estará como co-showrunner da série. Contudo, o elenco é totalmente novo.

Aos poucos, o serviço vem divulgando os materiais da série. Com isso, um dos teasers mostraram alguns detalhes do rei Viserys Targaryen de Paddy Considine, da princesa Rhaenyra Targaryen de Emma D’Arcy e Daemon Targaryen de Matt Smith.

- Publicidade -

Com isso, os fãs vem afirmando que House of the Dragon pode ser totalmente diferente de Game Of Thrones. Entenda os motivos. 

House of The Dragon já possui várias teorias

Ao longo da oitava temporada de Game of Thrones, as teorias dominaram a internet. Algumas delas foram perspicazes, revelando uma visão detalhada da história. Um dos exemplos é, a verdade sobre a ascendência de Jon Snow. 

- Publicidade -

Na época, espalhou-se pela internet uma teoria de fãs com maiores detalhes sobre seu pai e mãe. Contudo, algumas delas eram certeiras, embora outras eram absurdas. Estas incluíam as teorias de que Bran era secretamente o Rei da noite ou até mesmo, que Daenerys estava grávida. 

Claro que, com House of The Dragon isso não é diferente. As teorias vem surgindo nos últimos meses, mas, até então, vimos que elas são totalmente diferente das ideias que surgiram em Game of Thrones. Durante a temporada final de Game Of Thrones, a série ultrapassou o material de origem, deixando os fãs inseguros com o final da série. 

Por causa desse acontecimento, as teorias se multiplicaram, embora não tinvessem nenhuma evidência. Por mais que os livros existissem, não havia um final escrito e isso acabava deixando os fãs se agarrando aos pequenos detalhes para explicar para onde a série iria. 

Já com House of The Dragon, é totalmente diferente. Existe uma base e um final, embora há inúmeros detalhes já vistos nos trailers que não estão nos livros. Com isso, as teorias em torno da série, provavelmente não serão tão absurdas quanto as de Game of Thrones. 

- Patrocinado -

Ao contrário da série original, os eventos relevantes da nova produção estão descritos em Fire & Blood, incluindo toda a guerra civil Targaryen conhecida como a Dança dos Dragões. Não há um grande mistério na série, como, quem é o verdadeiro pai de Snow ou quem acaba no trono de ferro.

Em vez disso, segredos menores serão reveladas na série. Uma das teorias deve focar principalmente, na história dos Targaryen. Além disso, alguns mistérios remanscentes, incluindo o destino final de Daemon Targaryen após sua suposta morte, certamente serão especuladas. 

Série terá referências à Game Of Thrones

House of The Dragon tem grande mudança em relação à Game Of Thrones
Imagem: Divulgação/HBO Max

Apesar das principais teorias dos fãs serem diferentes, a nova produção ainda pode trazer de volta algumas referências de Game Of Thrones. Inclusive, a série já mostrou algumas referências, incluindo o Trono de Ferro e a adaga de Arya que mata o Vagante Branco. 

- Publicidade -

Portanto, House of The Dragon pode adicionar ainda mais detalhes aos momentos icônicos de Game of Thrones ou mudar a perspectiva da série do HBO Max. Se por um lado, não temos tantas teorias, as recompensas e referências estão chegando. 

A estreia da série ocorre em 21 de Agosto, exclusivamente pelo HBO Max.

Então, você está ansioso pelo prequel de Game Of Thrones?

Certamente, você também vai gostar:

>HBO MAX vai tirar mais de 50 filmes e séries em Julho: Veja a lista

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil, também via Youtube