- Publicidade -

House of The Dragon pode corrigir erro grave de Game of Thrones

O que House of The Dragon pode corrigir? Descubra

- Publicidade -

Certamente os fãs de Game of Thrones estão ansiosos para a estreia de House of the Dragon. A série que, chega ao HBO Max em 21 de Agosto, tem como missão dar continuidade ao legado de uma das maiores séries da história. No entanto, a missão da nova série vai além disso.

publicidade

House of the Dragon tem a grande chance de corrigir um erro de Game of Thrones. Originalmente, a série será um prequel do grande fenômeno da HBO  e foi baseada no livro Fire & Blood, escrito por George R.R. Marin. A produção se passa cem anos antes dos eventos da série original.

Portanto, se tratando de uma série prequel, a produção tem a grande oportunidade de corrigir o curso onde Game of Thrones errou.

- Publicidade -

Dessa maneira, o ScreenRant detalhou o que House Of The Dragon pode trazer para os fãs. Afinal, muitos deles se sentiram frustrados como o final da série original. Pois bem, confira o que a série pode evitar e corrigir.

O grande problema de Game of Thrones

A última temporada de Game of thrones foi literalmente um evento global. Desde a terceira temporada, em que momentos chocantes como o casamento vermelho ocorreu, a série vinha com um hype enorme. Entretanto, a oitava temporada seria o ápice, e os olhos do mundo todo estavam voltados para ela.

- Publicidade -

Quando a série recebeu sua data de estreia, víamos Game Of Thrones em todos os lugares. Dragões começaram a surgir em Super Bown e até mesmo a cruz vermelha americana pedindo a todos que “sangrassem pelo trono”. Até mesmo as recentes mães, nomeavam seus bebês de Daenerys ou Khaleesi, provando que a série era um total sucesso. Claro que, até o momento, House of the dragon não chega perto disso. 

No entanto, o tiro saiu pela culatra. A temporada final acabou com uma enorme reação negativa dos fãs. Na época, uma petição viralizou na internet, pedindo que a temporada fosse totalmente refeita. Em cenas da série foram encontradas xícaras de café Starbucks ao fundo, além é claro, das constantes reclamações de episódios muito escuros. 

De fato, nada parecia dar certo para o ano final de Game of thrones. Claro que, esses aspectos técnicos não eram nem de longe o verdadeiro problema da série. A série sofreu com o enredo escolhido para o fim da trama. Até o momento da decisão dos roteiristas, não havia material de origem escrito por George R.R. Martin. 

Certamente, qualquer xícara de café passaria batido, mas as escolhas ilógicas sobre os personagens da série não. No entanto, a possibilidade da redenção da HBO é agora com House of the dragon. Como existe material de origem, a série pode se manter fiel aos personagens e talvez, recontar alguns momentos de Game of Thrones, para corrigir a situação.

- Patrocinado -

Como House of The Dragon pode corrigir erro

Uma das maiores críticas à temporada final de Game of Thrones não é o que aconteceu. O grande problema é a forma com a qual isso aconteceu. Certamente, um dos momentos que os fãs mais odeiam, é quando Daenerys queima Porto Real. 

Tal situação poderia ter funcionado de forma melhor, se tivesse sido configurado corretamente. E claro, é fácil de entender. No espaço de alguns episódios, Daenerys vai de mãe dos Dragões, que luta pelo povo, para a Rainha Louca, que queima inocentes sem motivo.

Para que tal situação piorasse, a explicação dos showrunners fez ainda menos sentido. No canal do Youtube da HBO, em um dos vídeos chamados “Inside the Episode”, D.B. Weiss diz que Daenerys se irritou ao ver a fortaleza Vermelha, casa dos Targaryen que foi tirada dela. Inclusive, isso pode ser abordado em House of the Dragon

Como os fãs não conseguiram ouvir o que passava na cabeça da mãe dos dragões, ela parecia ir de 0 a 100 do nada. Outro ponto incrível pelo qual as coisas deram errado para a série, foi a temporada final ser curta. Em vez dos 10 episódios habituais, a temporada final teve apenas seis, por mais que fossem estendidos.

- Publicidade -

Jaime Lanniester e Brienne de Tarth finalmente se reunindo na oitava temporada fez sentido. Afinal, eles estavam anos tentando encontrar um o outro. Mas, Jaime deixar imediatamente para voltar para Cersei pareceu totalmente ilógico. Afinal, ele aparentou deixar sua irmã para sempre na 7ª temporada.

Certamente, se a série tivesse mais tempo, talvez esse momento poderia ter funcionado também.

A boa notícia para os fãs de House of the Dragon

House of The Dragon tem defeito de Game of Thrones
Imagem: Divulgação/HBO max

A boa notícia é que os criadores de House of the Dragon ouviram todas as críticas. Para honrar os persoangens e deixarem as coisas acontecerem naturalmente, a série prequel tem a chance de capitalizar a fama que Game of Thrones construiu ao longo de suas sete temporadas.

Apesar de não sabermos todos os detalhes, seria importante ver a Fortaleza Vermelha nas mãos dos Targaryens. Isso certamente deixaria os fãs entendendo os motivos que Daenerys surtou.

House of The Dragon estreia dia 21 de Agosto na Netflix. Assista ao trailer:

Certamente, você também vai gostar:

>The Last Kingdom: Eadith se tornará senhora de Bebbanburg no filme?

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil, também via Youtube.

Comentários estão fechados.