Harry Potter: Série da HBO Max pode superar um dos filmes da franquia

A Warner Bros embarcou de vez na ideia de revitalizar a franquia Harry Potter

- Publicidade -

A Warner Bros embarcou de vez na ideia de revitalizar a franquia Harry Potter, desta vez adaptando os livros em uma série de TV no HBO Max. Esta abordagem ousada surge como uma alternativa mais promissora do que a adaptação da peça teatral A Criança Amaldiçoada para o cinema.

- Publicidade -

Com efeito, a icônica saga Harry Potter, composta por oito filmes ao longo de uma década entre 2001 e 2011, acumulou uma receita impressionante de US$ 7,7 bilhões (quase R$ 40 bilhões!) estabelecendo-se como uma das maiores franquias da história da cinema.

A decisão de reinventar a saga como uma série de TV, embora ocorrendo pouco mais de uma década após seu término, promete entregar muito (apesar da apreensão dos fãs).

A série de TV de Harry Potter pode adaptar tudo que filmes deixaram de fora

- Publicidade -

A aclamação universal dos filmes de Harry Potter não obscurece a oportunidade que a próxima série de TV tem de corrigir imperfeições. Diferentemente dos filmes, que lutaram para incorporar toda a riqueza dos livros de J.K. Rowling, a série de TV tem a capacidade de preencher essas lacunas.

Com um planejamento de produção estendido ao longo de 10 anos pela Warner Bros, há uma janela considerável para dar vida ao Mundo Mágico de maneira mais fiel aos livros, satisfazendo assim a base de fãs ávida por fidelidade à obra original.

- Publicidade -

Publicidade

A ausência de elementos como Pirraça, o Poltergeist, nos filmes decepcionou os fãs, mas a série de TV tem o potencial de explorar uma gama mais ampla de histórias. Desde a angústia do protagonista em “Harry Potter e a Ordem da Fênix” até momentos não retratados, como o convívio prolongado de Harry com os Dursleys, a luta dos Elfos Domésticos e a defesa dos direitos por parte de Hermione, a personalidade forte de Ginny e inúmeras outras narrativas negligenciadas na telona.

Além disso, o remake pode se beneficiar significativamente de efeitos visuais avançados, proporcionando uma experiência mais imersiva para personagens e criaturas especiais dos livros.

Por que A Criança Amaldiçoada não funcionaria como filme agora

- Publicidade -

O interesse em transformar A Criança Amaldiçoada em um filme é contraposto por desafios significativos. Embora o diretor Chris Columbus tenha manifestado entusiasmo por essa possibilidade, a participação de Daniel Radcliffe representa uma barreira substancial.

O ator, cuja carreira foi moldada por Harry Potter, atualmente se dedica a outros projetos, não expressando interesse imediato em reprisar o papel. Essa relutância, compartilhada pelo restante do Trio de Ouro, é vital para o sucesso de qualquer sequência potencial de Harry Potter, tornando inviável a adaptação cinematográfica de A Criança Amaldiçoada no momento.

Ademais, a iminência da série de TV adiciona uma camada de complexidade. A trama da peça se desenrola 19 anos após a derrota de Voldemort, quando Harry tem 37 anos, enquanto a série do HBO Max foca em Harry aos 11 anos. A sobreposição de projetos com diferentes estágios da vida de Harry poderia gerar confusão entre os fãs, justificando a prudência em evitar lançamentos próximos.

- Publicidade -

Harry Potter 9 poderia acontecer algum dia com o elenco original?

A perspectiva de uma nona obra da saga fica distante pela ausência de material de origem oficial. A Criança Amaldiçoada, escrita por outros autores e não considerada canônica por muitos fãs, deixa a franquia sem uma base literária clara para uma sequência.

Contudo, alternativas criativas podem ser exploradas, como explorar a carreira de Auror de Harry, mudanças em Hogwarts desde sua passagem pela escola, a carreira de Hermione no Ministério da Magia, ou a visão do Mundo Mágico livre de Voldemort.

- Publicidade -

Nova série de Harry Potter no HBO Max será melhor que filme de A Criança Amaldiçoada
Imagem: Divulgação / HBO Max

A relutância do elenco original em retornar é outro obstáculo. Enquanto as estrelas principais buscam consolidar suas carreiras além do Mundo Mágico, a possibilidade de uma reunião completa permanece incerta. Embora nenhum ator tenha descartado completamente a oportunidade, a viabilidade de um retorno coletivo é tênue.

No entanto, a magia do universo de Harry Potter é conhecida por surpreender, e possíveis desenvolvimentos futuros permanecem envoltos em mistério.

Certamente, você também vai gostar:

> Rebel Moon: Filme de Zack Snyder já tem grande problema na Netflix