Publicidade

Greenleaf vai continuar com série derivada: Conheça

Derivado de Greenleaf já foi anunciado e começa a ganhar detalhes

Publicidade

Greenleaf foi um dos programa mais surpreendentes dos últimos anos. Ao longo de suas cinco primeiras temporadas, a série acumulou uma grande audiência, tanto no canal OWN, quanto na Netflix. Por aqui, a série fez muito sucesso, sempre no Top 10 do serviço, quando suas temporadas eram disponibilizadas. 

Por sua vez, Greenleaf acompanha os patriarcas da família, James e Lady Mae que juntos, comandam uma das maiores igrejas da cidade de Memphis. Assim como eles, a maioria de seus membros são afroamericanos, e por sua vez, os pastores exercem uma enorme influência sobre eles. 

Publicidade

No entanto, após a morte de sua filha Faith, vira ao avesso a vida da família. O mistério ocorrido em função da morte, faz com que Grace volte para o seio familiar, após 20 anos afastada. Apesar de querer investigar à fundo o desaparecimento da irmão, o retorno de Grace traz grandes consequências.

Greenleaf foi um grande acerto da OWN – canal de Oprah Winfrey – e encerrá-la foi uma missão difícil. Porém, os fãs podem ficar tranquilos já que, veremos mais do drama familiar. O canal anunciou um spin-off e aqui está o que sabemos. 

Publicidade

Como Greenleaf vai voltar ?

Até o momento, são poucos os detalhes que foram liberados à respeito do derivado de Greenleaf. Contudo, já temos uma direção na qual a série seguirá. No momento, a série ainda permanece no início do processo criativo. Craig Wright está trabalhando nos roteiros de sua próxima série. 

Porém, já sabemos que o novo drama acompanhará de perto Lady Mae, trazendo novamente Lynn Whitfield, no papel. Em entrevista ao TV Line, a atriz falou sobre os primeiros passos da série. 

Publicidade

“Bem, ele está trabalhando”, disse ela. “Eu não li nada, mas sei que ele está trabalhando nisso e você sabe o quão brilhante ele é.”

Isso, nós fazemos. Que é apenas uma das cerca de um zilhão de razões pelas quais estamos tão ansiosos para retomar a história de Lady Mae de onde parou. “Craig, com todo o seu entusiasmo, todo o seu talento e criatividade… Acho que ele está pensando bastante nisso. E tivemos algumas conversas”,. “Mas, você sabe, a natureza do nosso relacionamento é tão engraçada. Ele dirá: ‘O que Lady Mae gostaria — vermelho, branco ou azul? – completou a atriz.

Quem também concedeu uma entrevista foi o criador de Greenleaf, Craig Wright. Ao TVLine, ele reafirmou o quão a nova personagem será poderosa. 

Publicidade

“Acho que o novo papel de Lady Mae como pastora desta igreja ou de outra igreja definitivamente será o pilar de tudo o que fizermos a seguir. Quando a vi [pregando], fiquei ainda mais animado com o spinoff, porque quando você ouve Lady Mae falando sobre como amar o passado o suficiente para deixá-lo ir e como olhar para o futuro, é tão emocionante para mim para fazer outro capítulo na história.”

Os rumos da história

Publicidade

Ainda nessa entrevista, o criador fez questão de afirmar o quão as histórias serão amplificadas. De acordo com Wright, a série vai mostrar os efeitos de alguns temas importantes, tanto na igreja, quanto fora dela. O criador fez questão de apontar que movimento “Black Lives Matter” e a pandemia, serão importantes já no início da série.

“Uma igreja maior amalgamada que está vivendo à sombra do movimento Black Lives Matter e da pandemia. Aliás, estão tentando descobrir o que o evangelho significa naquele momento imensamente crucial.”

Por fim, Wright deu seu parecer, sobre o que podemos esperar do derivado de Greenleaf:

“Tudo o que posso dizer é que se você está sentado esperando para ouvir Lady Mae pregar novamente ou esperando para ouvir Lady Mae dizer a Charity para colocar suas calças de menina grande e agir em conjunto, bem, estamos trabalhando horas extras para chegar até você.”

Publicidade

Até o momento, a série derivada de Greenleaf não tem data de estreia confirmada. Além disso, nenhum serviço de streaming manifestou que disponibilizará a trama. No entanto, como a Netflix foi o lar da série original, é provável que repita a aquisição dos direitos. 

Diretor de Greenleaf tem outro projeto ambicioso

Publicidade

Greenleaf terá derivado na Netflix
Imagem: Divulgação/OWN

No momento Wright está bastante concentrado em seu novo projeto. A série Delilah, estreou no OWN em 2021 e teve uma recepção positiva. Diferente de sua série anterior, Delilah é um drama jurídico. 

Nele, acompanhamos Delilah Connolly, interpretada por Maahra Hill, que é uma advogada obstinada e de princípios que mora em Charlotte. Após anos trabalhando em um exigente escritório de advocacia, ela deixou a profissão de lado para que pudesse priorizar a criação de seus filhos. 

Publicidade

Mas, sua vida advocatícia retorna quando ela decide pegar casos que as grandes empresas ignoram. Assim, muitas das vezes, luta pelos desprivilegiados, enfrentando poderosos que os prejudicaram. 

Delilah teve uma recepção morna, mas Wright não descartou a possibilidade de criar um crossover entre a série, e o derivado de Greenleaf. Ainda ao TV Line, o criador informou:

“Se caso as séries ganharem temporadas posteriores, não descarto unir Connolly e Mae em uma possível crossover.”

Então, você está ansioso pela derivada da série religiosa ? 

Certamente, você também vai gostar:

>Outlander: Netflix dá péssima notícia para os fãs na 6ª temporada

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil, inclusive, via Youtube.