Game Of Thrones: Série do REI DA NOITE foi completamente esquecida

Bloodmoon seria uma derivada de Game Of Thrones

- Publicidade -

Com o enorme sucesso proporcionado por Game Of Thrones, ninguém duvidaria que a série ganharia alguns derivados. Simplesmente havia uma audiência muito grande e muito dinheiro na mesa para a HBO ignorar. No entanto, desenvolver uma série do nível da criação de David Benioff e DB Weiss era um desafio enorme.

- Publicidade -

Em suam, os problemas da temporada final de Game Of Thrones também contribuíram para que, qualquer adaptação posterior, não fosse uma tarefa muito fácil. Atualmente, vemos que House of The Dragon conseguiu suprir tal desafio, mas, uma série, chamada apenas de Bloodmoon, era certamente uma das mais promissoras da franquia.

Bloodmoon nunca chegou ao público e um dos motivos expostos sobre tal mudança foi o custo. A HBO encerrou a série após o piloto ser considerado caro, tanto quando durante as filmagens, quanto na edição. Curiosamente, foi a partir do cancelamento da série, que o canal optou por encomendar House of The Dragon, em seu lugar.

No entanto, essa certamente era a derivada de Game of Thrones mais promissora. Embora não tenha tantas informações sobre a série, alguns fatos interessantes sobre esse derivado foram divulgados. Com isso, vemos que a série teria potencial para igualar o drama e suspense da produção original.

- Publicidade -

A derivada cancelada de Game Of Thrones

É importante lembrar que, Bloodmoon naõ é a única derivada de Game of Thrones que estava em desenvolvimento. Na época, além de Bloodmoon, outras quadro derivadas que rodeavam a série da HBO haviam sido anunciadas.

- Publicidade -

Publicidade

No entanto, grande parte delas seriam escritas por outros escritores, sem o envolvimento direto de George RR Martin. Com isso, a ideia era montar suas próprias adaptações de algumas histórias vagamente contadas na série original, mas através de suas próprias mentes.

A HBO encomendou um piloto da série, mas, a derivada não tinha um nome oficial no início. Ao discutir o projeto, Jane Goldman (X-Men: Primeira Classe), recebeu o sinal verde pela primeira vez. Foi então definido que, a série seria um prequel de Game of Thrones. Somente após o sinal para as gravações do piloto, que a série recebeu o nome de Bloodmoon.

No entanto, o autor George RR Martin deixou claro várias vezes que preferia chamá-la de “A Longa Noite”. Em seu site oficial, Martin explicou que esta seria sua escolha ideal como título da série, embora admitisse que a HBO provavelmente gostaria de adicionar “GOT” ao nome para deixar claro que estava relacionado à série de fantasia.

- Publicidade -

Em uma postagem posterior, Martin revelou que o programa ainda estava oficialmente sem título e que não tinha certeza de como seria chamado. Ele disse: “A HBO me informou que o piloto de Jane Goldman (ainda) não tem o título de ‘A Longa Noite’. Esse é certamente o título que eu prefiro, mas no momento o piloto ainda está oficialmente sem título.”

Série se passaria milhares de anos antes de Game Of Thrones

Como você deve ter adivinhado pelo título preferido de George RR Martin para a derivada, “Bloodmoon” teria se concentrado na história da Longa noite. Este foi um inverno de uma geração que envolveu a terra na escuridão e viu os Outros descerem sobre o mundo.

- Publicidade -

Segundo o autor, teria sido a história mais antiga contada no mundo de “Game of Thrones” e foi ambientada muito antes de qualquer outro prequel. Martin escreveu em seu blog : “Este realmente coloca o ‘pré’ em uma prequel, já que não se passa 90 anos antes da história origial ou algumas centenas de anos, mas sim 10.000 anos.”

Bloodmoon é cancelada por Game of Thrones
Imagem: Divulgação/HBO Max

A breve descrição fornecida pela HBO explicou que os eventos da derivada aconteceriam milhares de anos antes da série original e narrariam “a descida do mundo da Era de Ouro dos Heróis para sua hora mais sombria”, revelando as verdadeiras histórias da “origem dos vagantes brancos, os mistérios do Oriente e a lenda dos Starks”.

- Publicidade -

Entretanto, durante uma entrevista ao ET, Martin foi além e revelou outros detalhes, principalmente, de como a série teria sido muito diferente de Game of Thrones. Ele admitiu que Westeros pareceria muito diferente do que os fãs estavam familiarizados e conteria famílias, personagens e histórias anteriormente desconhecidas antes mesmo da Perdição de Valíria ou da forja do Trono de Ferro.

Os problemas que levaram Bloodmoon a ser cancelada

Contar uma história tão profunda também gerou inúmeros problemas aos produtores. É normal que várias séries sejam mal recebidas em seus pilotos. Inclusive, produções de sucesso como The Big Bang Theory, já passaram por isso. Mas o caso de Bloodmon foi além. 

De acordo com relatórios da época, o enredo do episódios não tinha escopo padrão e fugia do realismo corajoso dos romances originais. O episódio também sofreu com as gravações na Irlanda do Norte e precisou passar por inúmeras re-edições, após não ser bem recebido pelos executivos da HBO.

Contudo, o alto investimento foi determinante. Estima-se que, somente esse episódio custou aos cofres da HBO, cerca de 30 milhões de dólares. O custo exorbitante desanimou o canal, que havia investido metade desse valor, por episódio, na temporada final de Game of Thrones.

Game of Thrones teve derivada cancelada
Imagem: Divulgação/HBO Max

Já House of The Dragon, teve um orçamento de 20 milhões por episódio. Ainda que possua vários efeitos visuais, a série acabou se saindo mais barata do que Bloodmoon. Por fim, outro problema crucial era a falta de conexão com a série original.

Não havia dragões e nem sobrenomes conhecidos. Situado milhares de anos antes dos eventos daquela série, contaria uma história completamente diferente e envolveria locais e personagens irreconhecíveis. A outra questão importante é a série não tinha um material concreto de origem.

“Game of Thrones” tinha vários livros e milhares de páginas de material para adaptar. Por outro lado, o autor George RR Martin escreveu muito pouco sobre a Longa Noite ou a Era dos Heróis. Esses períodos de tempo são mencionados apenas de passagem nos romances “A Song of Ice and Fire” e mesmo isso é retratado como mito ou lenda que pode não ser confiável. 

Então, você gostaria de ter visto a série?

Certamente, você também vai gostar:

You: Como Love Quinn pode retornar na 2ª parte da 4ª Temporada

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil, para não perder nada da série.