Game of Thrones: Por que os Vagantes Brancos não mataram Sam

O motivo pelo qual Sam não morreu em Game of Thrones

- Publicidade -

Uma das grandes questões que surgiram em Game Of Thrones foi a decisão dos Vagantes Brancos em poupar Smawell Tarly na 2ª Temporada. No início do segundo ano, Sam se juntou à expedição ao lado de membros da Patrilha da noite para viajar além da Muralha.

- Publicidade -

Após alguns meses, o grupo chegou a Craster’s Keep, onde Sam conheceu e se apaixonou por Gilly. Enquanto Game of Thrones mostrava Jon Snow explorando outro lugar, Sam continuou marchando, onde encontrou um tesouro de vidro do dragão. 

Por sua vez, essa é uma das poucas substâncias capazes de matar os Vagantes Brancos. Ele finalmente se juntou a dois outros homens para procurar combustível, quando três buzinas soaram. Ou seja, os Vagantes Brancos estavam próximos. 

Apesar de Samwell Tarly ser um dos guerreiros mais inteligentes de Game Of Thrones, é bom encarar a realidade. Sam nunca esteve entre os guerreiros mais capazes e fortes de Westeros. Por isso, acabou ficando para trás, preso em uma nevasca, quando seus companheiros atenderam às buzinas de alerta e fugiram de volta.

- Publicidade -

A chegada dos Vagantes Brancos em Game of Thrones

Após a chegada de vários vagantes brancos, como um exército, um vagante branco montado em um cavalo olhou diretamente para Sam. Logo após, solta um guincho e liderar seu exército até o punho para encerrar a 2ª temporada de Game of Thrones

- Publicidade -

Publicidade

Embora a dúvida paire sobre o real motivo pelo qual, o vagante branco não matou Sam, algumas teorias surgiram em torno do assunto. Como vimos ao longo da série, várias vezes, os vagantes brancos matava e em seguida recrutava outros seres vivos para seu exército. 

No entanto, uma crença popular era que Sam foi poupado para servir como um mensageiro para os vivos. Como Sam viu em primeira mão o grande exército de mortos-vivos dos vagantes brancos, ele poderia espalhar a verdade. Assim, isso resultaria em ainda mais medo.

Em suma, os Vagantes Brancos poderiam querer que Sam voltasse para a muralha e informasse a Patrulha da noite sobre o que estava por vir. Isso é consistente com outro encontro que ocorreu no início de Game of Thrones. Logo no primeiro episódio, três homens viajaram além da muralha em busca de um acampamento. 

- Publicidade -

Eles encontram um vagante branco e dois dos três homens foram mortos. O único sobrevivente foi considerado um desertor da Patrulha da Noite, mas é provável que ele tenha sido poupado para agir como um mensageiro que existia ao norte da muralha. 

A tática dos Vagantes Brancos em Game of Thrones

É claro que os Vagantes Brancos, em ambas as situações, não consideraram o soldado, nem Sam como ameaças imediatas, e foram mais úteis para o exército de mortos-vivos, sendo mantidos vivos e espalhando medo. De fato, como o episódio piloto original de Game of Thrones inicialmente viu os vagantes brancos falando sua própria língua.

- Publicidade -

Com isso, não seria tão surpreendente para eles terem empregado tais táticas desde o início, especialmente considerando o quão estrategicamente o Rei da Noite agiu durante o resto da série. Enquanto isso, alguns argumentaram que o vagante branco no cavalo não viu Sam.

O humanóide virou a cabeça, mas isso poderia ter sido um método para olhar na direção da câmera para instilar medo nos espectadores enquanto eles contemplam o que acontecerá a seguir. De qualquer maneira, poupar Sam acabou sendo fundamental para derrubar o Rei da Noite, os Caminhantes Brancos e seu exército.

Se não fosse por Sam e sua pesquisa, Jon Snow, Daenerys Targaryen e suas forças nunca teriam sido capazes de proteger Westeros de sua invasão na temporada final de Game of Thrones.

- Publicidade -

O mistério torna os Vagantes Brancos mais interessantes

Mas, por que Sam não morreu na 2ª temporada? Pois bem, a verdadeira resposta provavelmente permanecerá sempre um mistério e, assim como a maioria das perguntas não respondidas sobre os vagantes brancos, Sam inexplicavelmente sendo poupado pelo exército de mortos-vivos só serve para tornar o rei da noite e outras criaturas mais interessantes. 

Em essência, é isso que separa os vagantes brancos de outros montros mortos-vivos do gênero de fantasia. Enquanto as origens, objetivos e até mesmo o destino final dos vagantes Brancos foram revelados em Game of Thrones, sua singularidade e como eles estão fundamentados na tradição de George RR Martin significa que as respostas aos mistérios dos cangantes Brancos colocam ainda mais questões.

Os vagantes brancos em Game of Thrones
Imagem: Divulgação/HBO

É por isso que, anos após a morte do Rei da Noite pela lâmina de Arya Stark, os vagantes Brancos continuam sendo um ponto de interesse em todo o mito. Isso pode ser observado em House of the Dragon, revelando o sonho/profecia de Aegon, o Conquistador, sobre a Longa Noite.

Por que o vagante branco deixou Sam sozinho naquela cena fatídica? Talvez a resposta mais simples seja que os vagantes Brancos nunca foram apenas simples zumbis, e suas motivações complexas significaram que uma explicação definitiva para a sobrevivência de Sam nunca foi considerada necessária.

Por outro lado, às vezes isso significa que os escritores de Game of Thrones recebem crédito por adicionar mistério, quando era apenas uma escrita instável da parte deles. De qualquer maneira, com a segunda temporada de House of the Dragon e outros spinoffs em andamento, mais poderia ser revelado sobre as ações e objetivos de longo prazo.

Então, você sabia dessa teoria?

Certamente, você também vai gostar:

Titãs tem grande problema para ser resolvido em nova temporada
3 Filmes sobre o fim do mundo escondidos na Netflix

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil, para não perder nada da série.