Euphoria: 3ª temporada infelizmente deve cometer erro típico de Hollywood

Embora longe do ideal, há estratégias que a terceira temporada de Euphoria pode adotar para contornar um grande problema

- Publicidade -

A aguardada terceira temporada da série Euphoria está gerando grande expectativa entre os fãs, mas enfrenta contratempos decepcionantes que a levam a cometer um erro típico de Hollywood.

- Publicidade -

Devido às greves de roteiristas e atores em 2023, a HBO Max confirmou que os próximos episódios do programa não chegarão às telas antes de 2025. O início das filmagens está agora programado para 2024, representando um considerável adiamento em relação ao que havia sido inicialmente divulgado.

Este cenário intensifica a pressão sobre Euphoria para igualar o sucesso de temporadas anteriores, em especial diante da grande expectativa gerada durante a prolongada espera.

Em uma recente atualização sobre o personagem de Zendaya, Rue, o showrunner Sam Levinson revelou que o ano três explorará o significado de manter princípios em um mundo corrupto. No entanto, devido à postergação na data de lançamento, a realização dessa visão pode diferir do planejado inicialmente.

- Publicidade -

Elenco envelhecido na 3ª temporada de Euphoria

Hollywood historicamente tem a tendência de escalar atores para interpretarem estudantes do ensino médio muito depois de terem ultrapassado a adolescência, resultando em situações que comprometem a credibilidade da narrativa.

- Publicidade -

Publicidade

Infelizmente, Euphoria agora se une a essa tendência devido ao novo cronograma de lançamento do ano três. Com seu lançamento previsto para 2025, é inevitável que o elenco esteja mais velho do que nas temporadas anteriores.

Zendaya, por exemplo, iniciou a série com 23 anos e atingirá os 29 quando a terceira temporada for lançada. Embora tenha sido aceitável interpretar uma personagem de 17 anos aos 23, a representação aos 29 anos levanta dúvidas sobre a autenticidade da história…

Ademais, a percepção dos espectadores já está mudando, como evidenciado por Schafer, que interpretou uma personagem adulta no novo filme da franquia Jogos Vorazes. Euphoria, conhecida por abordar as dificuldades da experiência no ensino médio, pode enfrentar um desafio e tanto com um elenco que não reflete a realidade da faixa etária.

- Publicidade -

Possíveis soluções para o problema

Embora longe do ideal, há estratégias que a terceira temporada de Euphoria pode adotar para contornar o problema da idade do elenco. Uma possível solução seria avançar a narrativa para um ponto posterior na vida dos personagens, proporcionando uma transição mais natural para a idade atual dos atores.

Dada a natureza imprevista dos atrasos na produção, é plausível que uma linha do tempo já tenha sido estabelecida para dar continuidade à história onde os espectadores a deixaram.

- Publicidade -

novidades sobre a 3ª temporada de Euphoria na HBO Max
Imagem: Divulgação / HBO Max

Esse salto temporal poderia ser introduzido por meio de flashbacks ou narrativas contadas pelos personagens. Desta forma, as inconsistências entre as idades dos atores e dos personagens não seriam tão evidentes ao longo dos novos episódios de Euphoria, permitindo aos espectadores um fechamento do capítulo do ensino médio.

Por fim, essa abordagem oferece uma oportunidade única para explorar novas dinâmicas na série, acompanhando como Rue e o grupo lidam com os desafios da vida “jovem adulta”.

- Publicidade -

Você pode assistir às duas primeiras temporadas da série na HBO Max.

Certamente, você também vai gostar:

Harry Potter: 10 problemas que a nova série de TV precisa enfrentar