Publicidade

Chicago PD pode mergulhar na história de Atwater

A história de Atwater é contada com mais detalhe após 10 temporada de Chicago PD

Publicidade

A recente revelação da história de Kevin Atwater em Chicago PD abriu muitas possibilidades para a série e o personagem. E isso é ótimo, ainda mais considerando o quão pouco a série se aprofundou no passado de Kevin, optando por caracterizá-lo por meio de desafios profissionais e seus relacionamentos mais próximos.

No entanto, essa nova revelação em sua história de fundo apresenta muitas oportunidades não só para caracterizar Atwater, mas também para desenvolvê-lo em um cenário novo. Algo que é muito importante dentro de uma série de longa duração como Chicago PD pois ela precisa manter sua trama fresca.

Publicidade

Antes do 11° episódio da 10ª temporada da série, os únicos elementos concretos da história de Atwater eram que seus pais estavam ausentes. Por conta disso, ele tinha a tutela legal de seus irmão mais novos. Mas agora o pai de Atwater foi apresentado na 10° temporada da série.

Durante essa apresentação, em Chicago PD, descobrimos que o pai do policial teve problemas criminais porque a família precisava de dinheiro. Lew disse a Atwater que ele foi para a cadeia porque se recusou a delatar seus colegas. Mais tarde, ele não permitiu que Kevin o visitasse, pois ele não queria que o filho o visse como um criminoso, mas se lembrasse dele como era antes.

Publicidade

A história de Atwater se desenvolve em Chicago PD

Introduzir o pai de Atwater em Chigado PD deu ao personagem a primeira chance de desenvolvimento da sua história. E foi algo que demorou bastante tempo, levando em consideração que a série já tem 10 temporadas e Atwater está desde o começo.

Anteriormente, Atwater entrou principalmente em conflitos externos, sejam em questões sociais, como perfis e brutalidade policial ou a morte de um presidiário. O mais próximo que a série chegou de se aprofundar em sua história foi mostrando a sua relação com seus irmãos.

Publicidade

Assim como as mudanças na equipe, como a saída de Jay Halstead. No entanto, nenhuma dessas situações exigiu que Atwater confrontasse seus sentimentos e crenças e o fizesse crescer internamente. Mas com a introdução de Lew em Chicago PD, Atwater deve enfrentar um relacionamento complexo e cheio de nuances impactantes que não apresenta uma resposta certa.

Agora, o personagem de Kevin pode se desenvolver conforme ele escolhe que tipo de relacionamento deseja ter com o pai. Se é que ele pode ser um! Isso pode incluir uma onda de mudanças internas em Atwater, incluindo aceitar como ele se sente sobre a ausência do seu pai.

Publicidade

Além, é claro, como essas emoções afetam seu comportamento. Essa parte da história está totalmente pronta para evoluir. Podemos ver isso em quanto tempo Atwater demora para falar honestamente com seu pai, algo que não aconteceu até o final do episódio de Chicago PD. Isso quer dizer que ele ainda tem muita bagagem a ser trabalhada.

O pai de Atwater lhe dá um bom enredo para trabalhar

Publicidade

Chicago PD pode mergulhar na história de Atwater
Imagem: Divulgação/Amazon Prime Video

Além disso, o pai de Atwater dá a ele e a inteligência da série um bom problema de caráter para trabalhar em termos de drama pessoal. Afinal, os relacionamentos familiares são complicados na melhor das hipóteses. E os Atwaters especificamente terão o potencial de abordar temas de limites, redenção e paixão.

Esse enredo está pronto para um desenvolvimento longo. A abordagem de Atwater em relação ao pai como policial e como filho pode variar. É como estar entre a cruz e a espada. Ao mesmo tempo em que oferece a Kevin a oportunidade de explorar aspectos de sua personalidade fora do seu papel de guardião dos irmãos ou de policial.

À medida que esse relacionamento cresce, ele vai fornecer drama e catarse para os envolvidos em Chicago PD.

Publicidade

Certamente, você também vai gostar:

> Emily em Paris precisa de grande mudança em nova temporada

Publicidade

Aliás, não deixe de acompanhar o Streamings Brasil, para não perder nada da sua série favorita. (Via ScreenRant)