Barbie: Diálogo mais engraçado do Ken foi totalmente improvisado no filme

Recentemente, Margot Robbie revelou que uma das cenas mais engraçadas do filme foi completamente improvisada

- Publicidade -

Recentemente, Margot Robbie compartilhou uma curiosidade dos bastidores de Barbie: uma das cenas mais engraçadas do filme foi completamente improvisada por Ryan Gosling!

- Publicidade -

A situação ocorre quando a ‘boneca’ retorna, já no terceiro ato, a uma versão mais masculina da Barbielândia. Nesse contexto, ela precisa simular o interesse em ser a “namorada casual de longo prazo, à distância e de compromisso baixo” de Ken, interpretado pelo Ryan Gosling.

Eis que a cena se desenrola na “casa mojo dojo” de Ken, que é, na verdade, uma versão transformada da casa dos sonhos da Barbie. Ao elevar o ego de Ken, Robbie narra que Gosling, improvisadamente, pede licença e grita (fora da cena) a palavra “Sublime!”.

Robbie não apenas destacou que Gosling improvisou essa fala no momento, mas também compartilhou que enfrentou desafios durante as filmagens devido às risadas. Em entrevista a Rachel Smith, do Entertainment Tonight, a atriz afirmou: “É complicado porque assistir na tela é uma coisa, mas estar lá para a cena foi outra coisa. Inclusive esta linha que Ryan improvisou no dia. Quando ele grita ‘sublime’. Eu não estava preparada para isso, não estava no roteiro, e até hoje, isso me faz rir.”

- Publicidade -

Carisma e timing cômico de Ryan Gosling foi grande acerto para elenco de Barbie

Quem teve a oportunidade de conferir os vídeos de bastidores de Barbie no TikTok sabe que, embora “sublime” tenha sido a escolha final, Ryan Gosling testou diversas opções antes de definir essa palavra específica.

- Publicidade -

Publicidade

No vídeo, Margot Robbie tenta conter o sorriso enquanto Gosling, escondido na casa mojo dojo de Ken, solta: “Você é meu arco-íris após a tempestade!” Em seguida, ele apresenta uma alternativa com “meu pote de ouro”, mantendo o tom exuberante.

Outra tentativa destaca Gosling gritando extaticamente: “Não foram meus lábios que você beijou, mas minha alma”, vestido com seu estilo velho-oeste. A câmera então se volta para a diretora Greta Gerwig, co-roteirista do filme ao lado de Noah Baumbach, que assiste à cena. A próxima improvisação de Gosling a faz perder o controle e Greta gargalha.

@laurenrewatches Margot deserves a medal for keeping it together in the final take #fyp #ken #ryangosling #margotrobbie #kenough #sublime #barbiemovie #barbiebloopers #imjustken ♬ original sound – Lauren rewatches always sunny

- Publicidade -

Enquanto Gosling se entrega à cena, exclamando “o leite da minha garota traz todos os garotos para o quintal”, tanto Robbie quanto Gerwig perdem completamente o controle, com Robbie virando as costas para a câmera e caindo no riso.

Nem mesmo Gosling consegue manter uma expressão séria, tentando continuar com outra improvisação, dizendo simplesmente “meu sonho”, mas é possível ouvir claramente o riso em sua voz. A sequência culmina com “minha garota divina”, levando todos a se desmancharem em risadas.

- Publicidade -

Ken foi mais que um coadjuvante de luxo no filme

Embora Barbie tenha a boneca titular como protagonista, a atuação intensamente comprometida e habilidosa de Ryan Gosling como Ken não pode ser ignorada. Margot Robbie, além de sua performance, desempenhou um papel fundamental nos bastidores para criar a fantasia rosa chiclete concebida por Greta Gerwig.

O filme transcende a simples narrativa de brinquedos de infância e abraça referências literárias, como as de Marcel Proust, provendo à Barbie uma jornada de autorealização. Ken, por sua vez, experimenta uma reviravolta ao descobrir a tentadora realidade do patriarcado no mundo exterior. Homens o reconhecem com respeito, e até mesmo uma mulher pergunta as horas, revelando a ausência de um relógio em sua persona.

- Publicidade -

A narrativa evolui para Ken transformando a Barbielândia em um paraíso machista, repleto de cervejas e imagens de cavalos. No entanto, após as Barbies derrubarem essa frágil estrutura patriarcal, Ken precisa confrontar a realidade de sua existência independente; ele é, de fato, “kensuficiente”.

cena improvisada do ken no filme da barbie
Imagem: Divulgação / Amazon Prime Video

Ao final, a ótima performance de Gosling como Ken levanta a possibilidade de uma terceira indicação ao Oscar. Se isso se concretizar, será um reconhecimento merecido, destacado pela interpretação de um personagem tão marcante em Barbie.

Você pode alugar o filme agora mesmo no Amazon Prime Video.

Certamente, você também vai gostar:

> Jogos Vorazes: Os 7 furos de roteiro mais ABSURDOS da franquia