Ahsoka torna as guerras clônicas mais sombrias do que nunca

Ahsoka mudou tudo sobre as guerras clônicas

- Publicidade -

O último episódio de Ahsoka apresentou uma visão alternativa dos acontecimentos da série animada, tornando-a muito mais sombria e até trágica. O episódio mais recente da série proporcionou uma viagem sincera ao passado, tanto para o personagem quanto para os fãs da série The Clone Wars.

- Publicidade -

Depois que Ahsoka conhece seu mestre, Anakin Skywalker, mais uma vez brilhantemente interpretado por Hayden Christensen, no que parece ser o Mundo Entre Mundos, ele explica que está lá para completar seu treinamento e conduz seu ex-Padawan em suas batalhas passadas.

Vemos a jovem protagonista, interpretada por Ariana Greenblatt, em uma de suas primeiras missões com Anakin, que obviamente se passa na primeira temporada da série animada. Logo depois, vemos o Cerco de Mandalore, que aconteceu na última temporada da série animada. Mas, agora de uma perspectiva do live-action.

Ahsoka deixa as guerras clônicas mais sombrias

- Publicidade -

Com o estilo visual brilhante característico do programa de animação e a natureza geral sombria e até trágica das cenas, alguns fãs de The Clone Wars de repente perceberam algo que tinha obscurecido durante as sete temporadas do programa.

Ver o que é essencialmente uma criança (já que Greenblatt tem apenas 16 anos) lutando na linha de frente da guerra traz uma perspectiva totalmente nova para a série. Além disso, Ahsoka imediatamente a faz parecer menos amigável e edificante para crianças do que antes.

- Publicidade -

Publicidade

O episódio também nos lembra que mesmo tão jovem, Ahsoka já recebeu enormes responsabilidades. Afinal, ela já comanda soldados clones, muitos dos quais se tornaram seus amigos, e muitas vezes levando-os à morte.

Claro, a série animada também teve sua cota de momentos sombrios e deprimentes. Em um deles, a protagonista foi falsamente acusada de ser responsável pelo ataque ao Templo Jedi. Foi a partir desse momento, que ela deixou a Ordem, mesmo que ela tenha sido eventualmente provada inocente.

Ahsoka torna as guerras clônicas mais sombrias
Imagem: Divulgação/Disney+

- Publicidade -

Você também poderia dizer que toda a segunda metade da temporada final do programa foi uma dificuldade após a outra para ela. Já que a protagonista da série liderou o ataque a Mandalore, mal venceu a batalha contra Darth Maul e sobreviveu à Ordem 66.

Porém, os fãs de Ashoka afirma que ver uma criança em vez de um modelo animado faz toda a diferença, e Ariana Greenblatt fez um ótimo trabalho ao transmitir os medos, dúvidas e inseguranças da personagem, tornando a sequência ainda mais eficaz.

Muitos admitem que mesmo que não fosse exatamente um segredo durante a série animada, assistir The Clone Wars agora nunca mais será o mesmo.

- Publicidade -

Entao, o que você achou da adaptação na série?

Certamente, você também vai gostar:

> 5 Séries que tiveram finais desastrosos e decepcionantes

- Publicidade -